Flávio Dino quer contingenciar 30% do Orçamento 2020

Após o início de uma série histórica de explosão de gastos públicos e de sucessivos déficits primários as contas, o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), estuda contingenciar o Orçamento do Estado para 2020.

A informação é da revista Veja, em sua edição deste fim de semana (leia mais).

De acordo com a publicação, a medida é uma prioridade do Executivo estadual para 2020 e a meta é bloquear 30% do orçamento de R$ 19,9 bilhões para retomar o selo de bom pagador do Tesouro Nacional e voltar a ter acesso a crédito da União.
Se efetivar a medida, esta será a segunda vez que o comunista contingenciará o orçamento.

Em 2016 ele efetuou um corte de R$ 100 milhões em contratos do governo com terceirizadas e prestadoras de serviços – ficaram de forma apenas Educação e Segurança – e bloqueou 30% do orçamento do custeio da máquina (relembre).


3 pensou em “Flávio Dino quer contingenciar 30% do Orçamento 2020

  1. Boa noite! Flavio dino você tem a cara de pau de falar isso. e o dinheiro do estado que você está fazendo o carnaval 2020 .pagando os Cantores de fora . Flavio dino tu pensar que o funcionario do estado é besta . você vai para tv falar que o estado não tem dinheiro kkkkkkk você e uma graça falavio dino. você não fez nada nos interior todo tempo com sua mentira na televisão . as estradas estão estão o nojo .

  2. Esse vagabundo falou tanto mal do contingenciamento do governo Federal ano passado e agora faz o mesmo.
    Deveria ser levado à perda do cargo por improbidade administrativa, foi O que ele sugeriu à época- mas o mico leão dourado, capacho dele, não tem coragem.

  3. Quer contingenciar, não já está contingenciado.
    Desde o ano passado que o recurso dos órgãos do Estado foram contingenciados em 30% para combustível e manutenção de veículos e viaturas, em 100% para material de expediente e limpeza e pagamento de diárias para servidor, foi extinto por Decreto do governador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *