Dino diz ter ‘poucas esperanças’ em Bolsonaro após pronunciamento

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), reagiu com indignação ao pronunciamento de hoje (24) feito pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

No Twitter, o comunista disse que tem “poucas esperanças”.

“Pronunciamento de hoje mostra que há poucas esperanças de que Bolsonaro possa exercer com responsabilidade de eficiência a Presidência da República”, escreveu o maranhense.

Em sua fala à nação nesta terça-feira, Bolsonaro criticou nesta terça (24) o fechamento de escolas para combater a epidemia, atacou governadores e culpou a imprensa pelo que considera clima de histeria instalado no país.

​O presidente afirmou que desde o início da crise o governo se preocupou em conter o “pânico e a histeria” e emendou com ataques à mídia.

“Grande parte dos meios de comunicação foram na contramão. Espalharam a sensação de pavor, tendo como carro-chefe o grande número e vítimas na Itália”, declarou Bolsonaro, para argumentar que o país europeu tem características distintas das do Brasil. “O cenário perfeito potencializado pela mídia para que histeria se espalhasse para o país”, complementou.

Leia mais.


14 pensou em “Dino diz ter ‘poucas esperanças’ em Bolsonaro após pronunciamento

  1. Foram 57 milhões seu comunista. E em 2022 vai pra 70 milhões. Comunista invejoso, incompetente. não consegue administrar nem o MA imagine o Brasil. Vai pra China. Deixa o presidente em paz. Respeita as eleições democráticas que os brasileiros escolheram o seu governante.

  2. Esse governador deveria e deve é administrar o estado em que foi eleito. Arrumar as estradas que nos quatro quadrantes do estado estão em péssima condições. Mais fica fazendo críticas ao governo federal. É muita hipocrisia.

  3. Esperanças quem não tem é o MA que tem um rombo bilionário , acima.de 5 bi, vindo só dessa gestão terrível e que quer vender uma imagem mentirosa pra ver se cola e acabar com o.que resta do Brasileiro, caos econômico herdado dos 14 anos de PT

  4. Bolsonaro é um palhaço irresponsável. Fato. Mas FD não fica atrás. As ações do governador não condizem com seu discurso.
    Fala-se em evitar aglomerações e de maneira irresponsável e sem planejamento FD faz uma distribuição de cestas básicas na praia grande que gerou filas, sufoco e aglomeração, inclusive com vários idosos no meio. Aí não adianta ficarmos em quarentena. A mesma coisa aconteceu com a vacinação de idosos nos postos municipais. Em todos os níveis estamos cercados de políticos burros, populistas, egoístas e que só pensam em capital político. Estamos ferrados.

  5. Esse governador quer que o povo se escapar do coronovirus, fique em casa e morra de fome e comece a saquear os supermercados e as lojas. Vamos virar a Venezuela, comer cachorro,rato e gato

  6. Pingback: Até Roberto Rocha critica pronunciamento de Bolsonaro - Gilberto Léda

  7. Um irresponsável esse dinóquio sorvetao!
    Não vê o grande saque nacional decpesssoas desesperadas atrás de mantimentos e outros produtos necessário no dia a dia. Invasão a lojas, supermercados, residências, mortes é tudo mais…
    BOLSONARO está correto. O objetivo da ESQUERDA é desestabilizar o governo.

  8. Pergunte pro governador, pq ele não fala pro povo Maranhense a verdadeira quantidade de gente infectado pelo corona vírus, pq em Rosário já tem confirmação de caso lá.. e aqui em slz já tem bastante tbm! Então pq em vez de ele, querer fazer política, pq ele não procura contar a vdd pro povo Maranhense!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *