Folha: jornalista diz que candidatura de Dino a presidente é ‘delírio’

(Foto: Paulo Pinto/Fotos Públicas)

O jornalista Igor Gielow, repórter especial da Folha em São Paulo, avaliou, em texto publicado hoje pelo diário paulista, que a tese de candidatura do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), à Presidência da República, não passa de um “delírio de parte da esquerda”.

A opinião consta de análise sobre a disputa entre governadores e o presidente Jair Bolsonaro, por conta das posições distonantes em relação ao combate ao avanço do novo coronavírus (Covid-19) no Brasil.

“Doria é presidenciável, isso não é segredo para ninguém. Assim como Wilson Witzel (PSC-RJ) e, num delírio de parte da esquerda, Flávio Dino (PCdoB-MA). Bolsonaro também é candidato à reeleição, como disse no começo do mandato, e a aposta no terror econômico da crise, em detrimento de recomendações internacionais acerca do vírus, parece ter mais a ver com o temor de que uma recessão enterre suas chances”, avaliou o jornalista.

Leia aqui.


9 pensou em “Folha: jornalista diz que candidatura de Dino a presidente é ‘delírio’

  1. “num delírio de parte da esquerda”, sim da esquerda representada pelo PC do B. Eterno coadjuvante do PT, este sempre hegemônico. Quem nasce pra vintém não chegará a pataca. Sonho de Ícaro termina sempre em desastre.

    • Ele e seus asseclas já nem falavam nessa aloprada pré-candidatura de Dino pra Presidente em 2022, já estavam desiludidos. Agora, por puro oportunismos e crueldade, torcem pelo vírus pra tentar desestabilizar o presidente Bolsonaro eleito democraticamente com 57 milhões de votos e assim sonharem em botar o comunista em evidência nacional contra o presidente. Cruz credo!!!

  2. Também acho! Esse comunista de H não tem a mínima condição de ser pelo menos candidato a presidência. Te cuida Flávio Dino, tu vai ter que devolver o um bilhão e trezentos milhões que tiraste da previdência estadual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *