Flávio Dino admite uso da polícia para fazer cumprir decreto

De O Estado

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), admitiu ontem, durante entrevista coletiva no Palácio dos Leões, que pode lançar mão da força policiai para fazer cumprir o decreto que determinou, até o dia 4 de abril, a adoção de medidas de isolamento social – o fechamento de estabelecimentos comerciais aí incluído – como forma de conter o avanço da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no estado.

Segundo ele, o uso do aparato estatal não é a primeira opção do governo – que apela, inicialmente, para a “consciência social” -, mas pode vir a ser considerado caso não haja o chamado “achatamento da curva” de infectados em solo maranhense com a postura que vem sendo adotada atualmente.

“Nós continuamos acreditando na consciência social, na educação, essa é nossa principal estratégia, uma vez que nós não acreditamos que saúde pública se resolva com a polícia. É claro que a polícia, em algum momento pode agir, mas em casos pontuais, inclusive no cumprimento a ordens judiciais, como aconteceu nesse final de semana [quando um grupo foi detido por supostamente organizar-se para uma carreata contra o isolamento, em São Luís]. Mas nós reiteramos o apelo à colaboração de todos, uma vez que não cabe à polícia fiscalizar todos os estabelecimentos do Maranhão”, destacou.

Dino reiterou, contudo, que a velocidade de expansão dos vírus por provocar uma mudança nesse padrão.

“O que nós estamos pedindo é que as pessoas compreendam que é uma medida transitória, que, como disse, se dependesse do meu desejo individual, cessaria imediatamente, mas não é possível fazer isto. E, portanto, nós estamos adotando uma estratégia em que temos, nesse momento, o apelo à consciência social, de cada família, e em seguida, caso haja inclusive o agravamento da curva e a identificação da necessidade, nós entraremos, aí sim, com a atuação do sistema policial”, completou.

Recado a prefeitos

O governador também mandou um recado a prefeitos que têm editado decretos municipais alterando, sobretudo, regras sobre o funcionamento do comércio.

“Nós não temos uma pluralidade de normas no Maranhão, é importante fixar isso. O que vale no território maranhense é o decreto do Governo do Estado, em proteção à saúde pública de todos os maranhenses. O que é possível é um prefeito, ou outro, tratar de coisas que são coisas específicas da sua cidade, temporariamente, mas não negar a validade do decreto estadual”, ressaltou (saiba mais).


13 pensou em “Flávio Dino admite uso da polícia para fazer cumprir decreto

  1. Por isso que o governo Federal deve intervir no Maranhão: pq esse marginal ditador não respeita ordem federal!
    Tem que intervir no estado do Maranhão urgente e tirar esse ditador .

    • Qual é a ordem federal? Nem os próprios ministros respeitam a opinião do presidente. O governo federal está todo desarticulado. Todos os estados da federação estão adotando essas medidas. O governo federal não tá cuidando nem do que deveria, imagina uma intervenção federal. É cada uma.

    • O Governo Flávio Dino está praticamente parado e deve agradecer muito ao coronavírus, pois já não vinha fazendo nada com um estado quebrado pela notória incompetência administrativa do governador. Vai usar esse pretexto pra justificar a inanição do seu desgoverno. A única pauta de Dino hoje é falar da crise e tentar desqualificar o bravo presidente Bolsonaro. Tenho pena é dos fornecedores e prestadores de serviço deste Estado que tão cedo não irão receber as suas faturas.

  2. O que todos estamos vendo acontecer é uma artimanha do governo o qual já se uniu a outros comparsas os quais têm demonstrado claramente que querem assumir o poder da nação, desestabilizar o governo que trabalha incessantemente em favor da Nação brasileira. São pessoas que não ligam verdadeiramente para nós, povo! Dória, Ciro, Boulos e Flávio Dino! Não se espantem com essa maldita união, é apenas a aglomeração de corvos querendo comer os olhos do povo brasileiro, sacanearem com nosso país. Traidores e esquerdopatas malditos que nos trazem desgosto a cada dia, pagamos seus altos salários para que nos traiam diariamente. Não têm vergonha de aglomerarem pessoas e depois virem com essa conversinha miúda de que estão preocupados com os brasileiros! Canalhas! Esses malditos jamais serão eleitos novamente! Maranhenses! Povo brasileiro! Não vamos ficar parados em casa! Quem vai sustentar nossa família? Devemos sim ter cuidado com qualquer tipo de doença, mas, daí a piorar nossa saúde sem alimentos, é absurdo! Esses imbecis têm muita comida na geladeira, assistência médica gratuita, tudo do bom e do melhor em se tratando de alimentação. Mas, nós, o povo, o que temos? O que garante nosso alimento sem que trabalhemos e possamos ir aos comércios comprar com o dinheiro do nosso suor? Essas pessoas ou são incompetentes ou sabem muito bem que querem destruir nossa Nação, nos destruir. O PRESIDENTE BOLSONARO ESTÁ CERTO! Os comunistas ladrões, bandidos, não merecem nossa consideração. Querem nos deixar com fome, quebrando a economia do país. Nós maranhenses precisamos tomar de volta nosso Estado!

  3. O vírus, o pior vírus que houve até hoje na história política do Maranhão, diferente de quem ele dizia que era o pior, José Sarney, é na verdade, ele, Flávio Dino. Esse imbeciloide vestido de governador alçado duas vezes, ele e sua trupe, pela âncora maldita da corrupção. O bom é que um dia esse barco enfrentará a tempestade e afundará no mar da corrupção que ele mesmo está propalando, esse vírus maldito. O pior é saber que essa praga maldita foi um dia juiz federal. Quantas pessoas não foram prejudicadas em decisões viscerais tomadas por essa hoje placenta política, esse engodo, a maior mentira política e que assola os maranhenses atualmente?

  4. Esse CANALHA comunista não gosta da polícia, mas quer usar a seu favor , pra implacar a ditadura aqui …. HIPÓCRITAS essa esquerda é CRIAÇÃO DO SATANÁS tenho certeza disso.

  5. Esse tal Governador vai botar apolícia para fechar as Lojas Americanas, ou melhor, as agências bancárias, foco potencial de aglomeração e contágio do Covid-19? Ah não, com banqueiro ele não mexe, só com pequeno comerciante. O que acha, Leda? Pública aí meus comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *