Covid-19: PM bloqueia acesso à Litorânea para barrar teimosos

O Governo do Maranhão, por meio da Polícia Militar, precisou montar barreiras e bloquear o acesso de pessoas à Avenida Litorânea para conter a teimosia de alguns ludovicenses que seguiam se dirigindo ao local para a prática esportiva ou mera recreação.

A ação conta com o apoio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT).

Desde o dia 21 de março está em vigor o decreto estadual que tem como finalidade limitar a circulação de pessoas para diminuir a velocidade de disseminação do novo corornavírus.

A própria Prefeitura de São Luís anunciou que a Guarda Municipal se encarregaria de fiscalizar as praias para garantir a saída de banhistas no local.

Mesmo assim, todos os dias havia registros de várias pessoas na área da Litorânea.

No Twitter, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, comentou o bloqueio.

“As entradas da Litorânea tiveram de amanhecer assim, com acesso proibido. Não teve jeito, teimosia DEMAIS. Fiquem em casa!”, disse.


7 pensou em “Covid-19: PM bloqueia acesso à Litorânea para barrar teimosos

  1. Só que as outras praias estão todas liberadas. Tem até um conhecido bar na Praia do Meio que está cheio de políticos que apoiam o Governo Flávio Dino e o prefeito Edivaldo Júnior!!! É presidente da Câmara, é deputado federal. …. que mau exemplo, eles estão dando? Vejam que nem os próprios correligionários dos comunistas respeitam as ordens deles. A verdade
    é que o combate à essa terrível doença que abalou o Mundo inteiro, no Maranhão comunista virou uma anarquia dos próprios políticos! Agora em quem o povo deve confiar? E Bolsonaro vai ficar desconfiado em enviar recursos pra cá pra combater essa moléstia!!!

  2. esse bloqueio tem que acontecer na praia da guia na região itaqui bacanga…moradores do anjo da guarda..vilas embratel mauro fecury sao luis vila nova estão lotando a praia todo dia..

  3. O que não faz sentido algum é a confusão na comunicação? Quando o prefeito ou governador comunicou que a prática de corrida ou caminhada em isolamento encontra-se proibida? Os militares que estão na Litoranea não confirmam que existe uma proibição de atividades físicas solitárias (caminhada e corrida) ou seja, falta comunicação com a população.

    • O decreto é claro: atividades que podem resultar em aglomeração estão proibidas. Correr e caminhar só é um ato solitário agora, amigo, pq há milhares em isolamento. Mas vc já imaginou se todos decidirem ir fazer suas caminhadas solitárias? Vc acha que não vai aglomerar como num dia normal?

  4. Pingback: 'Acho justo sair', diz Lula Fylho, secretário de Saúde de SLZ, flagrado em caminhada na Litorânea - Gilberto Léda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *