Governo vai multar lojas que abrirem sem autorização no Maranhão

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, anunciou hoje (6) que o governo vai multar estabelecimentos comercias que descumprirem as regras de isolamento social determinadas por decreto do governador Flávio Dino (PCdoB) e abirem suas portas sem autorização.

A informação foi dada pelo titular da SES ao compartilhar um vídeo de movimento intenso na Rua Grande, com vários pontos abertos.

“Fiscalização da Vigilância Sanitária nas áreas do Centro, Renascença e São Francisco. Olha o TANTO DE GENTE na Rua Grande! Assim não dá, meu povo! Informo que a partir de hoje vamos #multar estabelecimentos de serviços não essenciais que insistirem em ficar de portas abertas”, declarou.

Desde esta segunda-feira, estão mais flexíveis as regras para as atividades econômicas em todo o estado. Mas ainda não há autorização para abertura de estabelecimentos de todos os setores.

O decreto divulgado na noite desta sexta-feira (3) pelo governador libera apenas o funcionamento da indústria em geral, a fabricação e comercialização de materiais de construção, incluídos os home centers, bem como os serviços de construção civil (Potiguar, Jacaré e Centro Elétrico aí incluídos) e os serviços de fabricação, distribuição e comercialização de produtos óticos, como as Óticas Diniz (saiba mais).

Outros setores também tiveram abertura autorizada, mas shopping centers, por exemplo, devem seguir fechados. As exigências do governo para as empresas que estiverem autorizadas e decidirem abrir as portas são as seguintes:

I – distância de segurança entre as pessoas;
II – uso de equipamentos de proteção individual, podendo ser máscaras laváveis ou descartáveis;
III – higienização frequente das superfícies;
IV – disponibilização aos funcionários e aos clientes de álcool em gel e/ou água e sabão.


4 pensou em “Governo vai multar lojas que abrirem sem autorização no Maranhão

  1. Essa incumbência pra multar e perseguir empresas caberia muito bem ao pretenso pré-candidato a prefeito de São Luís, Duarte Júnior, o legalista do Procon. Coisas do governo comunista de Flávio Dino! Só que quando é pra respeitar a legislação eleitoral o Duarte procede totalmente em contrário do que dispõem as normas legais, que o diga a justiça eleitoral. kkkkkkkkkkkkk

  2. Incrível que só grandes empresas, e as que devem ter contrato com o estado que pode abrir. Governador o João que tem uma loja de material de construção pequena pode abrir? Governador a Maria que tem uma ótica dentro do bairro, pode abrir também?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *