Covid-19: MP processa governo Dino por falta de transparência

O promotor de Justiça da Defesa do Idoso, José Augusto Cutrim, acionou o governo Flávio Dino (PCdoB) na Justiça, cobrando que ele seja obrigado “a demonstrar e comprovar, com total transparência, […] as medidas efetivamente adotadas e valores financeiros recebidos e despendidos de repasses da União, emendas parlamentares e doações privadas, gastos no enfrentamento da pandemia ocasionada pela propagação do coronavírus”.

O caso será julgado pelo juiz Douglas de Melo Martins, titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís – o mesmo que determinou ao governador que decretasse lockdown na Ilha de São Luís.

O representante do MP decidiu processar o Estado em virtude de inúmeras denúncias de óbitos, em especial de pessoas idosas, por falta de atendimento, equipamentos de proteção individual, leitos de UTI, respiradores, testes, exames, medicamentos, e demais materiais usados no combate a COVID-19.

Na ação, Cutrim destaca que houve diversas promessas de aparelhamento do sistema de saúde estadual que não se concretizaram, “ou foram pífias”. Ele relata ter recebido denúncias de idosos que morreram por falta de leitos de UTI na rede pública, e de profissionais de saúde que trabalham sem equipamentos de proteção adequados.

“Além dessas publicações [de decretos] prevendo contingenciamentos, em sua grande monta, de caráter meramente programáticas, efetivaram-se promessas de diversas outras ações no sentido de aparelhar o sistema público de saúde, a exemplo, da instalação de novos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva), aquisição de respiradores, contratação de mais profissionais de saúde, disponibilização de maior números de testagens, etc. Enfim, medidas que, ao final das contas, não se concretizaram, ou, na sua maioria, foram pífias em seu alcance quando comparadas à realidade, diante das inúmeras denúncias de falta de estrutura da saúde pública no Maranhão”, destaca.

Para o promotor, o fato de a Justiça ter precisado mandar que o governo decretasse o lockdown é “prova maior da incompetência e inoperância do Governo Estadual no combate ao avanço
do novo coronavírus”.

Augusto Cutrim também cobra divulgação mais clara de como estão sendo gastos os recursos federais que já foram enviados ao Maranhão – com publicização de contratos – e da destinação de equipamentos como respiradores, por exemplo. Ele solicita, ainda, mais detalhes sobre a testagem, da população.

“Mesmo diante do cenário emergencial em que se revela a enorme importância da transparência durante o período da pandemia e do transcurso de tempo considerável desde o início do surto, observa-se que o Estado do Maranhão não tem atuado de modo a garanti-la suficientemente nas ações de enfrentamento ao novo coronavírus”, completa.

Baixe aqui a íntegra da ação.


17 pensou em “Covid-19: MP processa governo Dino por falta de transparência

  1. Aí sim, parabéns ao MP! Parece entretanto q essa fúria toda desse promotor é pq FD preteriu ele de ser escolhido PGJ do MA?

  2. Como a ação é contra o governador com certeza o juiz Douglas irá se declarar suspeito.
    Ele já fez isso no passado.

  3. Governador Flavio Dino, faça os (POSTOS DO SAMU). Nas Cidades que não tem, você fazendo os SAMU isso vai ajudar a salvar milhares de Pessoas Humildes no Maranhão, é muito importante o SAMU em todas as Cidades, ajuda todos a ter os primeiros socorros.

    • Se ele fez foi fechar hospital que sequer construiu, tu acha mesmo que isso constrói alguma obra no Maranhão?!

  4. Logo Douglas? Brincadeira! Juiz que teve sua monografia orientada pelo comunista. É piada.

      • Consideração e estima são moedas de troca na política. Ainda mais quando o objetivo é não parecer impopular. Mas é só coincidência mesmo.

  5. Falta transparencia e planejamento.Ficar fazendo pânico com objetivos políticos não leva à nada.

  6. Pingback: Covid-19: César Pires relata falta de assistência na rede estadual de saúde - Gilberto Léda

  7. Pingback: Covid-19: Justiça abre prazo para governo Dino explicar falta de transparência - Gilberto Léda

  8. Pingback: JUSTIÇA ABRE PRAZO PARA FLÁVIO DINO EXPLICAR FALTA DE TRANSPARÊNCIA NO COMBATE AO COVID-19 - Blog do de Sá

  9. Pingback: Promotor pede a suspeição do juiz do lockdown em ação contra o governo - Gilberto Léda

  10. Pingback: Juiz do lockdown rejeita suspeição, e pede auxiliar para julgar ações da pandemia - Gilberto Léda

  11. Pingback: Lockdown em São Luís: promotor acusou falta de transparência na divulgação de dados relativos ao combate à pandemia do novo coronavírus (Covid-19) | Ítalo Leite - Advogado Criminalista

Os comentários estão fechados.