Forçado a decretar lockdown, Dino diz que medida é ‘caminho correto’

O governador Flávio Dino (PCdoB) deu ontem (4) mais uma demonstração de contradição no debate sobre o combate ao novo coronavírus no Maranhão.

Durante entrevista ao JMTV1, da TV Mirante, ele disse haver concordado com a decisão judicial que determinou que ele decretasse lockdown na Região Metropolitana de São Luís.

Segundo ele, diante do atual cenário, esse era “o caminho mais correto”. “Quanto mais prudência, quanto mais prevenção, a experiência internacional mostra, e essa é a opinião dos profissionais de saúde, que esse é o caminho mais correto”, afirmou.

O governador avaliou, ainda, que houve certo êxito da gestão local em promover o chamado “achatamento da curva” de casos de Covid-19, mas não em proporção suficiente para conter um possível colapso da rede estadual de saúde.

“Nós consideramos que esse regime, o lockdown, que é o penúltimo na escala de gravidade, é uma medida tendencialmente indicada, sobretudo na Ilha de São Luís, para que nós possamos conter a pandemia e , com isso, mobilizar os meios hospitalares que nós já estamos ampliando, cada vez mais, a fim de que não tenhamos nenhuma situação de colapso, como nós vimos em outros países, em outros estados”, destacou.

Só não disse por que, então, ele esperou ser obrigado pela Justiça a determinar o bloqueio.

Esse Flávio Dino…

_________________Leia mais
AMMA reage a ameaças relatadas por juiz do lockdown
‘Tem gente me ameaçando de morte’, diz juiz após decisão de lockdown
‘Não há necessidade de corrida para a compra de alimentos’, diz Dino
Lockdown: decisão escancara falhas no combate à Covid-19 no MA


6 pensou em “Forçado a decretar lockdown, Dino diz que medida é ‘caminho correto’

  1. Vou enviar meu currículo p essa pífia oposição maranhense
    Garanto q monto estratégias melhores
    Estavam loucos pro governador decretar lockdown pra depois cavar na imprensa postagens do tipo “governador usa força policial p amendrontar população, comerciantes e blablabla
    Ficaram sem argumentos pois quem decretou foi a justiça, ela que se vire, governador vai só cumprir

  2. Ora, se ele afirma que o Lockdown era a medida correta, por que ele mesmo não decretou ?
    Teve que fazer uma manobra, utilizando o judiciário, para poder acatar a decisão ?
    Esse governador ditador é muito é frouxo. Ficou preocupado em perder o prestigio com parcela da sociedade, ou tá perdido mesmo no combate a crise ?

  3. Pingback: MA atinge meta de 900 leitos estabelecida por Flávio Dino - Gilberto Léda

Os comentários estão fechados.