Covid-19: Wellington quer que PF apure destino de testes e EPIs no MA

O deputado estadual Wellington do Curso (PSDB) protocolou hoje (19), na Superintendência da Polícia Federal no Maranhão, representação – que também foi encaminhada ao Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Maranhão (MPMA), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Defensorias Pública Estadual (DPE) e da União (DPU) – solicitando investigação sobre o destino de destes e EPIs recebidos pelo Governo do Maranhão para combate ao novo coronavírus.

Segundo o parlamentar, há incongruência entre os dados divulgados pelo Executivo estadual e as informações do Ministério da Saúde.

“De um lado, tem-se os dados do Ministério da Saúde que atestam o envio de 232.512 testes, sendo 146.300 testes rápidos e 86.212 testes PCR. Ainda de acordo com o site, tem se que o Maranhão já recebeu 830.300 máscaras cirúrgicas; 66.650 máscaras n95; 744.396 luvas; 448.400 sapatilhas e toucas; 5.430 óculos protetores e 98.000 cloroquina. O Governo do Estado do Maranhão, por sua vez, afasta-se do princípio da publicidade a proporção em que não há transparência quanto ao destino dos insumos e materiais enviados pelo Governo Federal. A título de exemplo, cabe mencionar o número de testes realizados pelo Governo do Maranhão. Com dados do Boletim divulgado até o dia 17, foram realizados apenas 25. 338 testes no Maranhão. Ocorre que, desse total, 7.242 testes foram realizadas pela Rede Privada. Tem-se, assim, a incongruência entre o dito pelos canais de informação do Governo do estado e o que consta em canal oficial do Ministério da Saúde. Se há testes disponíveis e há equipamentos, qual a razão para não se fazer uso dos insumos e demais materiais?”, disse o parlamentar.

A representação foi fundamentada em dados obtidos dos canais oficiais tanto do Governo do estado quanto do Ministério da Saúde que, se comparados, apresentam inúmeras divergências.

Na semana passada, o Blog do Gilberto Léda apontou que, naquela data (reveja), o Maranhão já contabilizava algo em torno de 200 mil testes, mas com apenas 19 mil aplicados.


3 pensou em “Covid-19: Wellington quer que PF apure destino de testes e EPIs no MA

  1. Os poucos testes quw fazem ainda não entregam na data, foi isso que fez meu avô morrer. Era pra ter saído o resultado numa sexta e não saiu. Saiu apenas no domingo, dia em que ele faleceu! Tivesse saído na sexta tinha dado tempo de internar ele.

  2. TUNTUM-MA
    Prefeitura recebeu Milhões e NÃO comprou as Medicações, NÃO tem os Kits pra doar para os que estão com Coronavirus, estão tomando CHÁs, Não tem Remédios.

Os comentários estão fechados.