Buriti Bravo: prestes a ser cassada, vereadora tenta intimidar Judiciário

A vereadora Raimunda Helena Costa Oliveira da Silva, de Buriti Bravo, partiu para o desespero na tentativa de se manter no cargo.

Prestes a ser cassada pela Câmara em virtude de uma ação de improbidade administrativa – por acúmulo de cargos -, ela anda comentando na cidade que o caso será julgado pelo juiz titular da Comarca de Colinas após ingerência sua no processo.

Raimunda Helena da Silva ingressou com mandado de segurança na Justiça para tentar barrar o processo de cassação. O pedido da parlamentar seria inicialmente julgado pela juíza de Passagem Franca, Verônica Rodrigues Tristão Calmon, que, no entanto, declarou-se suspeita de apreciar a matéria.

Depois disso, a Corregedoria-Geral de Justiça do Maranhão (CGJ-MA) determinou a distribuição dos autos ao magistrado da cidade vizinha.

Segundo apurou o Blog do Gilberto Léda, até mesmo aliados da parlamentar acreditam que sua estratégia só a prejudica no processo de cassação, cuja votação está marcada para esta sexta-feira (29).

Denúncia

De acordo com a ação que tramita na Câmara de Buriti Bravo, Raimunda Helena Costa Oliveira da Silva é alvo de denúncia com pedido de cassação do mandato “por infração político-administrativa de acúmulo ilegal de cargos, caracterizando-se em ato de improbidade administrativa e procedimento de modo incompatível com a dignidade da Câmara (art. 7º, incisos I e II do Decreto-Lei nº 201/67)”.

O presidente da Casa, vereador Wermeson de Morais, diz que o processo foi recebido legalmente pelo plenário, e que é o colegiado quem determinará o destino da parlamentar. Ele atribui à disputa política as acusações da vereadora processada de que houve ilegalidades no trâmites do caso.


4 pensou em “Buriti Bravo: prestes a ser cassada, vereadora tenta intimidar Judiciário

  1. É mais uma que se acha igual ao “presidente”, ou seja, acima da lei.
    Esse tipo de declaração só mostra o desrespeito que algumas pessoas tem mantido em relação ao Poder Judiciário, tratando-o com desprezo.
    Infelizmente esquecem que vivemos num Estado democrático de direito e como tal um dos seus pilares é exatamente um Poder Judiciário forte e independente, livre de amarras que queiram lhe colocar.
    Se errou, a até agora vereadora tem pagar por isso.
    Simples assim.
    Esse tipo de bravata não irá lhe ajudar.

    • Ao Júnior, das duas uma, ou é aliado político da situação de Buriti Bravo ou não conhece a professora Raimunda Helena. Quem, em sã consciência, há de tentar intimidar o judiciário? Busque informar-se dos fatos, ouça os dois lados e emita sua opinião. Emitir opinião após conhecer apenas um dos lados e sem a certeza de que as informações são verídicas é no mínimo ignorância.

  2. Kkkkkkkk Recebeu quanto pra postar isso blogueiro? Esse Vereador Jogador de Pife tá fazendo isso pra livrar um ex prefeito condenando por corrupção, que quer voltar ao poder e o Jogador de baralho que ser o candidato a você dele. Esse país é uma vergonha mesmo, tomara que a justiça seja feita, se não esperamos que o povo a faça. Esses blogueiros nunca mudam. Aprove meu comentário kkkkk

  3. Pingback: Vereadora de Buriti Bravo nega que tenha tentado intimidar Justiça - Gilberto Léda

Os comentários estão fechados.