Alunos denunciam que Ceuma não dá desconto definido em lei

Alunos do curso de Medicina da Universidade Ceuma denunciaram ao Blog do Gilberto Léda que a instituição está cobrando mensalidade integral mesmo durante a pandemia, contrariando o disposto na Lei Estadual nº 11.259.

Segundo o dispositivo, existe determinação de corte de até 30% no valor das mensalidades também de instituições de ensino superior que tenham mais de 400 alunos.

O Ceuma tem milhares.

De acordo com o estudantes, até o mês passado a Universidade aplicou o desconto de 30% nas mensalidades. Mas, agora em agosto, está cobrando valor cheio – e concedendo apenas 5% para quem pagar até o vencimento.

O blog está aberto aos esclarecimentos da instituição.


8 pensou em “Alunos denunciam que Ceuma não dá desconto definido em lei

  1. Amigo Gilberto Leda,

    No colégio Literato esta acontecendo a mesma coisa e o tratamento que estão dando la é de maneira grosseira e arrogante.

    Att

    • No Upaon-Acu também. E olha que ao invés de 4h30 de aula por dia os alunos só terão 2h30. Um dia presencial e outro na escola. Mas a mensalidade de agosto já veio em valor integral. Um absurdo isso. A lei dos 30% de desconto não vale mais? O que o MP e o Procon estão fazendo? E os deputados, abandonaram a causa? Não adianta conversar na escola. São intransigentes. Querem lucro acima da saúde. Eu duvido que se fossemos nós pais que disséssemos para a escola: “Só vou te pagar 50% da mensalidade porque perdi o emprego”. Elas diriam: “te vira”. Agora, querem dar só 50% do horário normal aula e cobrar o valor integral, como se estivessem prestando o mesmo serviço do início do ano letivo. É brincadeira com os pais, palhaçada! Se só dão 50% de horas aulas, tem que cobrar só 50% na mensalidade! Deve-se readequar o contrato. O pior é que pouca gente na mídia está dando atenção a esse abuso das escolas particulares, incluindo o Upaon-acu!

  2. Ceuma sendo Ceuma , onde os interesses financeiros estão sempre acima de qualquer situação ou interesse. Mesmo cobrando uma das mensalidades mais caras do país e durante praticamente 04 meses cobrar mensalidades integrais com aulas remotas , o Ceuma sequer aguardou mais um mês para verificar a viabilidade das aulas presenciais antes de cobrar os valores originais pré-pandemia. Alia-se a isso as diversas medidas de redução de custos que tem diminuído significativamente a qualidade do curso de medicina. A cara de pau sem limites da referida instituição fica mais evidente com a atual medida de retirar o transporte dos alunos para os locais de estágio . Infelizmente, pela falta de concorrência somos obrigados a engolir as absurdas arbitrariedades do Ceuma que até para pagar algo no financeiro humilha com um péssimo e demorado atendimento sem dó pais e alunos que se vêem obrigados a manter filhos na instituição pela falta de opção

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *