Pré-candidato de São Luís é suspeito de matar idosa e ficar com R$ 180 mil

Um pré-candidato a vereador de São Luís foi preso ontem (1º) pela Polícia Civil acusado de matar uma idosa de 65 anos para apropriar-se de R$ 180 mil que ela tinha em contas bancárias.

O suspeito foi identificado como Leandro Santos Silva (PL).

Segundo os investigadores, a mulher, a economista Fátima Maria Evangelista dos Santos, estava desaparecida desde março. O corpo dela acabou sendo encontrado na tarde de terça-feira, no cemitério da Maioba.

A polícia afirma que ele pagou R$ 800 a três coveiros – também já presos – para enterrarem o corpo. Foram eles que identificaram Leandro Santos.

Um segundo suspeito de participar do crime também foi preso.

“A gente conseguiu a prisão de duas pessoas que estariam envolvidas diretamente no desaparecimento dela. Uma delas teria feito saque de 180 mil na conta dela, periodicamente nos últimos três meses. Hoje, após a prisão, um deles resolveu indicar o local onde ela teria sido enterrada. Viemos agora a tarde no local e conseguimos finalmente encontrar o corpo da dona Maria de Fátima”, afirmou o delegado Felipe César, da Superintendência de Homicídios.

Em depoimento, ainda de acordo com a Polícia, Leandro Santos disse que a idosa já estava morta quando ele chegou a sua casa e que ele foi procurado por um amigo, que dizia ter toda a documentação dela.

O comparsa teria dito, também, que a vítima não tinha parentes vivos e que, por isso, seria mais fácil sacar o dinheiro das contas.

Um laudo do Instituto de Criminalística (Icrim) deve confirmar a causa da morte da idosa.


4 pensou em “Pré-candidato de São Luís é suspeito de matar idosa e ficar com R$ 180 mil

  1. Queria tentar entende nesse País, a pessoa é mandante de um assassinato e ainda cobrem o rosto dele, tinha que mostrar!

  2. Se como pré candidato, matou e roubou, está com essa proteção todinha, imagina se for eleito vereador, o que ele não fará???

  3. Pingback: PL anuncia desfiliação de pré-candidato acusado de homicídio - Gilberto Léda

  4. Pingback: PL anuncia desfiliação de pré-candidato acusado de homicídio | Marcelo Vieira

Os comentários estão fechados.