Após pressão, governo Dino revoga contrato com Carta Capital

O Governo do Maranhão informou ontem (2), por meio de nota, que está “em processo de revogação” o contrato da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) com a Editora Confiança para aquisição de assinaturas da revista Carta Capital.

O material seria distribuído às bibliotecas de escolas públicas do Estado.

Uma das edições da revista ficou marcada no Maranhão por trazer em sua reportagem de capa uma série de elogios à gestão Flávio Dino (PCdoB).

Oficialmente, o Executivo diz que decidiu cancelar a contratação porque o material seria distribuído nas escolas diante da perspectiva de retorno das aulas presenciais.

“Como no momento não existe a previsão para retorno das atividades presenciais nas escolas, a Secretaria destaca que o referido contrato está em processo de revogação”, diz o comunicado da Seduc.

O cancelamento, contudo, ocorre após forte pressão da mídia.

O caso veio à tona com uma denúncia do senador Roberto Rocha (PSDB), repercutida em veículos locais e nacionais.

De acordo com os documentos apresentados pelo tucano, o Executivo estadual contratou quase R$ 1,3 milhão em assinaturas da publicação entre 2019 e 2020. Neste ano, haviam sido contratadas 1.472 assinaturas ao custo de R$ 671.894,40 – ou R$ 456,45 por casa uma delas. Este valor já não será pago, portanto.


11 pensou em “Após pressão, governo Dino revoga contrato com Carta Capital

  1. Pingback: Carla Zambelli vai acionar Flávio Dino por assinaturas da Carta Capital - Gilberto Léda

  2. Este governador do Maranhão é um […] e de quinta categoria, quer dizer que se os meios de comunicação não se manifestassem ia da tudo certo e ele iria pagar o valor tranquilamente, este cara não passa de um […] barato e ainda tem gente que acredita neste […]

  3. Está caminhando pra se tornar um oligarca!
    Sugiro a encomenda de afrescos, quadros óleo sobre tela com o rei do Maranhão para pendurar no convento das Mercês, Claro, memória democrática, tudo pago pelo estado do Maranhão.
    Em breve veremos surgi também uma fundação pra colecionar seus “feitos”.
    Só não veremos o seu nome em prédios públicos, pq essa é uma promessa de campanha

  4. Pingback: Carla Zambelli vai acionar Flávio Dino por assinaturas da Carta Capital

  5. Pingback: Carta Capital: exemplares adquiridos pelo MA se deterioram em depósito - Gilberto Léda

  6. Pingback: Carta Capital: exemplares adquiridos pelo MA se deterioram em depósito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *