Felipe Camarão comemora números do IDEB no Maranhão

Do blog do Jorge Aragão

O secretário de Educação do Maranhão, Felipe Camarão, utilizou as redes sociais, para comemorar os números do IDEB no estado, após a divulgação de novos dados do MEC.

De acordo com os dados do MEC, o Maranhão alcançou 3,7%, o que representou um crescimento de 32%, se comparado ao ano de 2013.

“Mais uma vitória para a educação maranhense! Crescemos novamente no IDEB e atingimos a melhor nota da história do Maranhão. Orgulho define o compromisso de todos que fazem a educação pública maranhense, sob comando do governador Flávio Dino. Nosso IDEB atual é 3,7”, afirmou Camarão.

O secretário ainda destacou que o resultado coloca o Maranhão entre os primeiros estados na Região Nordeste.

“Na região Nordeste, tal índice nos mantém entre os três primeiros estados da região. Entre as capitais, ficamos em sexto lugar do Brasil. Isso mesmo, as escolas da rede publica estadual de São Luís ficaram em sexto lugar do país, com IDEB 4,1, acima da meta estabelecida!”, escreveu.

Felipe Camarão também fez questão de agradecer a toda equipe, incluindo também aos estudantes, e dividindo o mérito pelo excelente resultado obtido pelo Maranhão no IDEB.

“Parabéns profissionais da educação, comunidades e estudantes. Estou orgulhoso também de cada URE, de cada escola, de cada gestor, de cada professor e de cada estudante da nossa rede. Quantas escolas superaram meta, tiveram ótimas notas ou cresceram muito pelo seu esforço. Recebi mensagens de orgulho de muitos gestores e professores. A vitória é de vocês”, finalizou.

Por essas e outras é que este Blog, apesar de ter um posicionamento crítico ao Governo Flávio Dino, sempre deixou bem claro que Felipe Camarão é disparado um dos melhores nomes da equipe do comunista.


4 pensou em “Felipe Camarão comemora números do IDEB no Maranhão

  1. Não tem o que falar e fica fazendo malabarismo com os números. O MA, desde 2013, está aumentando seu IDEB de maneira regular e continuo, a cada ano variando 0,3 ponto positivamente (ensino médio, responsabilidade da rede estadual).
    não há nada de excepcional na taxa de crescimento, até porque está abaixo da meta e não cumprirá até 2021, último ano da avaliação.
    Pelo dinheiro gasto com consultorias e comprando carta capital, o resultado é pífio.
    O único mérito foi a rede estadual de SLZ ter atingido a média, porém é a capital e tinha de ser, e todos os outros estados conseguiram a mesma coisa.
    Quem tem que ir para a rádio para falar é o pessoal do ceará que colocou 9 escolas do fundamental entre as 10 melhores do país.

  2. Bem que camarão poderia falar também que o ensino médio do brasil, no atual governo, cresceu 0.4 ponto após anos crescendo só 0,1 ou inalterado, depois de queda generalizada no desgoverno do pt.
    Mas se cala covardemente, como todo o restante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *