Semus contratou oficina para fornecer máscaras em SLZ, diz PF

Ao deflagrar a 2ª fase da Operação Cobiça Fatal, a Polícia Federal desencadeou, também a Operação Oficina Desmascarada.

Segundo os federais, o nome da nova ação faz referência ao fato de que uma das empresas vencedoras do processo de contratação investigado tem o alvará de funcionamento de oficina mecânica e de nunca ter fornecido máscaras – nem qualquer insumo médico -, até o contrato firmado com a Prefeitura de São Luís.

“Considerando elementos de informação indicando a repetição do modus operandi criminoso de superfaturamento na aquisição de máscaras triplas em outro processo de compra da SEMUS, e a partir do compartilhamento de provas obtidas na operação COBIÇA FATAL, instaurou-se uma nova investigação”, destaca a PF, em comunicado oficial.

Durante a investigação, foram verificados pela CGU indícios de superfaturamento na compra de mais 240 mil máscaras pela Secretaria Municipal de Saúde (Semus) de São Luís, no valor unitário de R$ 7,50.

Considerando os preços médios praticados no mercado nacional em período de pandemia, tem-se um superfaturamento de mais de 100 %, podendo chegar, no caso concreto, a um prejuízo de mais de um milhão de reais.

“Identificou-se ainda que as empresas vencedoras e que concorreram entre si pertencem ao mesmo grupo familiar”, completa a nota da PF.


4 pensou em “Semus contratou oficina para fornecer máscaras em SLZ, diz PF

  1. Todos sabemos que essas licitações realizadas tanto pelo Estado quanto pela prefeitura de São Luís são direcionadas e cheia de erros. Eles montaram um esquema tão grande tanto no Estado quanto no município com advogados recemformados, sem experiência na área, a maioria vinda do escritório de Flávio Dino.

  2. A população nunca esqueceu esse roubo feito por gestores na Semus e que afetou a muitos que precisavam de apoio e assistência no período negro da pandemia.Esperamos que a PF e o MP penalize essas pessoas inescrupulosas que se apoderaram do erário público..

  3. Pingback: Prefeitura de São Luís emite nota sobre operação da PF - Gilberto Léda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *