Derrota na Famem pode ser entrave para projeto 2022 de Brandão

O vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão (Republicanos), apostou alto na eleição da Famem – perdida ontem (14) pelo seu candidato, Fábio Gentil (Republicanos), em disputa contra o atual presidente, Erlanio Xavier (PDT), agra reeleito (saiba mais).

O republicano sabe que a entidade, politicamente, não representa lá muita coisa numa disputa estadual. Mas ele entende claramente, também, que, mais do que eleger o presidente da Federação, era importante mostrar força.

E quem mostrou força foi Weverton Rocha (PDT), com Erlânio.

Isso não muda o fato de que Brandão, em 2022, assim que sentar na cadeira de governador, será candidato à reeleição.

Mas política se faz (e muito) com expectativa de poder.

E ao precisar tratar com prefeitos para articular a candidatura de Gentil na Famem, Brandão mostrou que não está com esse prestígio todo entre a classe política maranhense.

E olha que ele fez quase tudo sentado na cadeira de governador – exatamente como certamente estará daqui a um ano.

Brandão apostou alto.

E, nesses casos, a perda é também imensa…


2 pensou em “Derrota na Famem pode ser entrave para projeto 2022 de Brandão

  1. A leitura correta é, ao final de 2022 Brandão vai entrar para história como Governador…. Se ele da uma Zé Reinaldo e comanda um grupo forte contra Weverton Rocha e cia…. Não subestimem a força de um sertanejo magoado..

  2. Sinceramente achei Carlos Brandao muito bem na disputa com seu candidato, imagina quando ele sentar na cadeira, vai ser outra coisa!

Os comentários estão fechados.