Covid-19: em defesa de maqueiros e zeladores

Muita polêmica entre a classe de Odontologia depois de o Blog do Gilberto Léda revelar que até dentistas que atuam apenas em consultórios estavam furando a fila da vacinação em São Luís, como se fossem linha de frente do combate à pandemia.

O famoso jeitinho.

Mas agora já surgiram estudos, teses, justificativas as mais diversas para embasar esse tipo de atitude.

Não há como concordar com isso.

Em que mundo alguém pode aceitar, por exemplo, que um dentista que atende consultório tem direito a ser vacinado antes de um maqueiro (ou de um zelador) que atua numa unidade que recebe pacientes de Covid-19.

“Ah, mas dentista tem contato com gotículas de saliva”, dizem alguns odontólogos.

Mesmo que esses dentistas não atendam em uma unidade de referência contra Covid-19.

Então, refaço o questionamento: se há exposição para esses profissionais, o que dizer do maqueiro que carrega o doente de Covid-19 pelos corredores de um hospital?

E o zelador que limpa a sujeira de um dia inteiro numa unidade repleta de pacientes com o vírus?

Não dá pra aceitar…


15 pensou em “Covid-19: em defesa de maqueiros e zeladores

  1. Muita cara de pau. O post original falava “até dentistas estão conseguindo acesso aos imunizantes”. Depois da repercussão mudou para “até dentistas que trabalham em consultório”. Além disso, trabalhar em consultório não significa não trabalhar em linha de frente. A constituição permite acumular dois cargos públicos de profissional da Saúde. Ainda, muitos trabalham em consultório e em unidade de saúde.
    Quero saber se o blogueiro e o deputado conhecem todos os profissionais da saúde que se vacinaram e onde trabalham.

    • Pq era isso que eu queria dizer, amigo. Não há problema em corrigir uma informação para que ela fique mais clara. Assim como o presidente do CRO se corrigiu após atacar indevidamente o deputado Yglésio Moises.

      • Mas vc corrigiu a agora quer dar a entender que não falou e que o presidente do CRO nao entendeu o post, assim como o deputado falou em video no Instagram. Ele até falou que o presidente do CRO não sabe ler. Deixando claro que sou oposição ao presidente do CRO, mas nesse caso concordo com o posicionamento dele. Oq foi dito inicialmente foi “até dentista se vacinou” como se fosse um absurdo, e a resposta dele foi a essa frase.

        • Esse Gilberto é dose. Tem que entender que todo internado por covid na UTI e que aproveitou para fazer limpeza dos dentes, fazer canal, trocar obturação ou quem sabe colocar lentes de contato nos dentes, deve creditar o serviço ao respectivo dentista. É muito descaso do blogueiro.

          • Mais uma vez o blogueirinho debochandk da odontologia, ao rir desse comentário. Vc acha que denstias na uti fazem esses tipos de procedimento? Odontologia é só estética? A odontologia hospitalar reduz em 90% o risco de pneumonia associad a ventilação mecânica, reduzindo os custos aos cofres publicos, diminuindo o tempo de internação, a mortalidade e liberando leitos a outros pacientes que precisam. Mas é mais fácil lacrar defendendo maqueiros e zeladores e atacando profissionais de nível superior (não que os maqueiros e zeladores dos hospitais não tenhan igualmente direito a vacina, citei eles pq o blogueirinho citou no novo post na tentativa se sensibilizar os leitores que não acompanharam desde o início).

  2. Muito bem, GL! Nota 10 a sua intervenção. Tem que incluir todos os que estão na linha de frente, desde os que recebem (motoristas de ambulância) ate os que finalizam (coveiros, funcionários das clinicas de tanotopraxia e funerárias). Todos correm perigo de contaminação.

  3. E são muitas as irregularidades. Advogados que trabalham no Poder Executivo sendo vacinados e ainda postam em grupos sociais como sendo “privilegiados”. Hipocrisia. Oportunistas.

  4. Uma vergonha!
    Bando de cretinos (as) oportunistas que por terem acesso a “amigos” influentes, passam a frente de quem realmente merece ser vacinado primeiro!
    O problema do Brasil é o brasileiro!
    Pior é ver esse mesmo “povo furador de fila” depois criticar a inoperância do Estado (seja municipal, estadual ou federal), como se fossem paladinos da moralidade!

  5. Mas vc corrigiu a agora quer dar a entender que não falou e que o presidente do CRO nao entendeu o post, assim como o deputado falou em video no Instagram. Ele até falou que o presidente do CRO não sabe ler. Deixando claro que sou oposição ao presidente do CRO, mas nesse caso concordo com o posicionamento dele. Oq foi dito inicialmente foi “até dentista se vacinou” como se fosse um absurdo, e a resposta dele foi a essa frase.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *