SES acusa Semus de aglomerar no Centro de Vacinação, mas ignorou aglomeração promovida pelo governo

A Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão enviou ontem (26) um ofício à Secretaria Municipal de Saúde de São Luís (Semus) pedindo providências contra o que considera aglomerações que estariam se formando no Centro de Vacinação do Multicenter Sebrae. 

No ofício, a Secretaria de Estado da Saúde afirma que “considerando que o Centro de Vacinação do Multicenter Sebrae vem registrando uma enorme concentração de profissionais da saúde para serem vacinados contra a Covid-19, sirvo-me do presente para requerer-lhe providências, em caráter de máxima urgência, no sentido de evitar demasiadas aglomerações de pessoas, como as que têm ocorrido”.

Curioso, para dizer o mínimo, o posicionamento da SES nesse caso.

O pavilhão de eventos do Multicenter Sebrae, onde está instalado o Centro Municipal de Vacinação, possui 8,7 mil metros quadrados.

Comportaria, com respeito ao distanciamento, algo em torno de 4 mil pessoas simultaneamente. Não há notícias de que tenha havido essa concentração de pessoas no local algum dia.

Para além disso, contudo, é incoerente a SES fazer esse tipo de cobrança da Prefeitura de São Luís, quando nunca deu um pio contra o próprio governo Flávio Dino (PCdoB), que aglomerou famílias carentes no auge da pandemia para distribuir cestas básicas (relembre).

Está claro que a postura tem viés político.

Ou você acha que se o prefeito fosse um aliado do Palácio dos Leões haveria esse tipo de manifestação?


4 pensou em “SES acusa Semus de aglomerar no Centro de Vacinação, mas ignorou aglomeração promovida pelo governo

  1. Verdade é muito ciúme, pq estão vendo que a vacinação dos moradores de São Luís, está dando certo, sem aglomeração, e sim com muita organização, de parabéns o prefeito Eduardo Braide, e o secretário municipal de Dr Joel Nunes Jr e toda a equipe da Semus, que estão mostrando como se faz, pra salvar vidas, sigam em frente, que tudo vai dá certo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *