AL aprova empréstimo de R$ 180 milhões para o governo Flávio Dino

A Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou hoje (7), projeto encaminhado pelo governador Flávio Dino (PCdoB) solicitando autorização para a contração de um novo empréstimo.

Agora, o Estado está autorizado a contratar R$ 180 milhões com o Banco de Brasília (BRB).

A matéria foi votada em regime de urgência, após requerimento do deputado Zé Inácio (PT).

O parecer pela autorização foi dado ainda na manhã desta terça-feira, pelo deputado Roberto Costa (MDB), da CCJ.

Na discussão em plenário, virtual, os deputados César Pires (PV), Wellington do Curso (PSDB) e Yglésio Moysés (PROS) chegaram a solicitar informações mais detalhadas do governo sobre a operação de crédito, mas sem sucesso.

Segundo a mensagem encaminhada em março aos parlamentares, de acordo com o Executivo, entre as obras bancadas com o recurso estariam a construção de ponte Sobre o Rio Preguiças, em Barreirinhas; melhorias e pavimentação da Rodovia MA-211 entre os Municípios de Central do Maranhão e Bequimão; melhoria e pavimentação da Rodovia MA-247 entre os municípios de São Luís Gonzaga e Trizidela do Vale; e execução de serviços de conservação na Rodovia MA-006 entre os municípios de Grajaú e Formosa da Serra Negra.

O projeto estaria totalmente implantado em dois anos e meio.


5 pensou em “AL aprova empréstimo de R$ 180 milhões para o governo Flávio Dino

  1. Mais um. Esse governador e esses deputados vão deixar este estado todo endividado e quebrado. E quem vai pagar essa conta é o povo maranhense durante anos e anos de sofrimento.

  2. Mais um calote que esse comunista vai deixar para f….. o Maranhao por décadas. Para o proximo como sabes que nao fará sucessor, deixará para o próximo junto com esse deputados vazilhas igual a ele.

  3. A subserviência destes deputados da Assembleia Legislativa do Maranhão a este governadorzinho mequetrefe, chega a ser assustadora, os caras (deputados com raríssimas exceções) se ajoelham para este APEDEUTA e PATETICO DITADOR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *