Eliziane Gama quer debater piso salarial da enfermagem no Senado

A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA), líder do Bloco parlamentar Senado Independente formado por Cidadania, PDT, REDE e PSB, protocolou nesta terça-feira (4) a ofício no Senado Federal pedindo reunião para discutir o piso salarial da enfermagem no Senado Federal.

A senadora propõe no ofício que além do presidente da Casa, senador Rodrigo Pacheco, participem das discussões o autor do projeto de Lei (PL) 2564/2020, senador Fabiano Contarato (REDE-ES), a relatora da matéria, senadora Zenaide Maia (PROS-RN), o líder da Oposição, Randolfe Rodrigues (REDE-AP), o líder do Governo, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) e a presidente do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), Dra. Betânia Maria dos Santos.

“Precisamos fazer justiça a esses profissionais que estão dando a vida no duro dia-a-dia dentro dos hospitais. Essa é uma demanda antiga desses profissionais e não há melhor momento para colocar esse projeto em pauta”, argumentou Eliziane Gama.

O PL 2564/2020 altera a Lei 7.498/1986 para instituir o piso salarial nacional do enfermeiro, do técnico de enfermagem, do auxiliar de enfermagem e da parteira.


3 pensou em “Eliziane Gama quer debater piso salarial da enfermagem no Senado

  1. Senadora porque a Senhora representante de todos ESQUECE dos demais profissionais da área de saúde ?

    Como um enfermeiro vai receber aproximadamente 7.000 e um técnico 4.900 e os OUTROS, tais como : Fisioterapeutas, Dentistas, Farmacêuticos, Bioquímicos, etc…, vão receber apenas os míseros 2.000 pagos pela MAIORIA das Prefeituras e Estado ?

    LUTE por todos.

  2. Sou proficional de saúde, queremos um piso salarial digno, trabalhamos noite e dia para podermos dar o melhor pro nossos pacientes, com um salario de 1.200,00 reais, isso é uma vergonha. Dormimos no chão, carregamos muito peso e lavamos muita merda, trabalhamos com materiais muito insalubre, tem instituição que nem paga insalubridade, fazemos improvisações pra atender os nossos pacientes, e dar um conforto a eles, não temos valorização da nossa profissão, por favor, olhe pra essa classe tão sofrida e guerreira, agente não tem direito a aposentadoria especial, o professor que trabalha com giz, tem direito a aposentadoria especial, isso que nem existe mais quadro de giz! A enfermagem que trabalha diretamente com secreções e materiais de alta contaminação, com patologias de transmissão, como: turberculise, hiv, minigite, corona vírus etc.. ai a enfermagem não tem direito a aposentadoria especial. ISSO É UMA VERGONHA, por favor, vamos rever isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *