Covid-19: após pedir leitos de UTI ao STF, governo Dino desativa 10 em SLZ

O governo Flávio Dino (PCdoB) “devolveu” ao Ministério da Saúde, nesta semana, 10 leitos de UTI exclusivos para pacientes com coronavírus que haviam sido implantados no Maranhão.

A desativação dos leitos foi solicitada pelo titular da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Carlos Lula, em ofício enviados ao Ministério da Saúde no dia 6 de maio. E ocorre meses depois de o próprio Estado recorrer ao STF pedindo a habilitação de 279 leitos de UTI/Covid-19, o que foi atendido em liminar da ministra Rosa Weber (reveja).

Segundo documentos obtidos pelo Blog do Gilberto Léda, foi solicitada a desabilitação de leitos no Hospital de Traumatologia e Ortopedia (HTO), localizado na antiga Clínica Eldorado, em São Luís.

Ao justificar o pedido de desativação dos leitos de UTI exclusivos para pacientes com Covid-19, a SES alega melhora no quadro da pandemia no Maranhão, em virtude de medidas adotadas pelo governo – como abertura de novos leitos na capital e no interior -, e a necessidade de atender demandas provenientes de outras patologias.

Na sexta-feira, 7, por exemplo, governador Flávio Dino (PCdoB) já anunciou a flexibilização de uma série de restrições (saiba mais).


1 pensou em “Covid-19: após pedir leitos de UTI ao STF, governo Dino desativa 10 em SLZ

  1. Ora, meu amigo, pediu no momento de pico da doença, natural e sua obrigação, para não deixar o povo morrer. Agora que a doença começa a descer a ladeira a desativação de leitos ociosos(por desnecessários) na mesma proporção é perfeitamente compreensível.

    Vivemos hoje, no Brasil, um momento muito grande de polarização e divisão da sociedade, nos levando a: ou amarmos o nosso governante aprovando tudo o que ele diz e faz ou a odiá-lo criticando tudo o que ele diz e faz.
    Edvaldo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *