Covid-19: Governo Dino terá de informar ao TCE destino de R$ 77,8 mi

Atual 7

O governo Flávio Dino (PSB) terá de explicar ao TCE (Tribunal de Contas do Estado) do Maranhão onde foi parar R$ 77,8 milhões de dinheiro federal destinado pela União em 2021 para ações de combate à pandemia do novo coronavírus no estado.

Com destino até então oculto, o valor foi levantado por técnicos do tribunal a partir de cruzamento de dados dos portais da transparência estadual e federal com informações do sistema de acompanhamento de contratações públicas da corte de Contas.

Segundo o levantamento, quase R$ 82 milhões foram repassados pelo governo Jair Bolsonaro (sem partido) ao Maranhão, mas apenas pouco mais de R$ 3,8 milhões em contratos foram informações ao TCE maranhense pela gestão estadual.

No ano passado, ainda de acordo com o Tribunal de Contas do Maranhão, o governo Dino informou o destino de somente 82,90% dos quase R$ 350 milhões recebidos da União.

A falta de transparência sobre despesas de combate à Covid-19, se não reparada, em tese, indica indícios de desvio e corrupção com o dinheiro público.

O prazo para corrigir falhas e omissões do destino da verba é de 15 dias, a contar da última terça-feira (22).

Em atendimento à função pedagógica inerente à atuação das instituições que exercem o Controle Externo, para evitar inconsistências e atrasos, o TCE vai realizar capacitação técnica com os gestores e servidores públicos responsáveis pela correção dos dados, incluindo municipais, amanhã. O pedido foi feito pela Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, a Famem.


3 pensou em “Covid-19: Governo Dino terá de informar ao TCE destino de R$ 77,8 mi

  1. Cadê a famosa Sec. Da Transparenvia? Dr. Rodrigo Lago não disse a que veio. Depois foi pra Casa Civil pensando em ser Dep.Estadual e nada. Agora como advogado está exercendo o papel de agricultor familiar. Nesse papel conseguiu pelo menor engordar.Ô Maranhão.

  2. Por essas e por outras que a CPI do circo,nem quer saber de investigar os governadores(incluindo o filho de Renan Calheiros)e,o Supremo protetor de políotcos bandidos já deu liminar para eles não irem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *