Filiação de Edivaldo gera dúvidas sobre rumo do PSD na disputa pelo Senado

A filiação do ex-prefeito de São Luís Edivaldo Holanda Júnior ao PSD tem gerado uma dúvida sobre o rumo do partido no Maranhão, em 2022.

A legenda é comandada no estado pelo deputado federal Edilázio Júnior, que faz aberta oposição ao governo Flávio Dino (PSB).

Além disso, deve chegar para compor o time, em breve, outro membro da oposição maranhense: o deputado estadual César Pires (ainda no PV).

Edivaldo, como se sabe, é fiel aliado de Dino, e deve apoiá-lo para o Senado.

Neste cenário, Edilázio já admite até que o PSD não lance um candidato a senador no ano que vem.

Algo sobre o que, por outro lado, César Pires não quer nem pensar.

Uma equação que precisa ser bem resolvida para se evitar crise…


1 pensou em “Filiação de Edivaldo gera dúvidas sobre rumo do PSD na disputa pelo Senado

  1. Esse Dino tem jeitinho de “santinho”, mas é um vigarista comunistinha em alto grau (dando uma de cordeirinho disfarçado, quando muda repentinamente de partido). E seu cometa principal o PT: PT é um lixaço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.