Governo deve fornecer vacinas à Prefeitura para garantir 2ª dose de “Arraial”; ou penaliza ludovicenses

Um documento enviado pelo secretário de Saúde de São Luís, Joel Júnior, ao secretário estadual Carlos Lula (PSB), na segunda-feira, 6, comprova que, se quisesse efetivamente resolver o impasse sobre aplicação de 2ª dose de vacina contra a Covid-19 em quem foi atendido nos “Arraiais da Vacinação”, o Governo do Maranhão poderia ter agido.

No ofício, ao qual o Blog do Gilberto Léda teve acesso nesta quinta-feira, 9, o titular da pasta municipal relata que já haviam sido identifcados casos de pessoas que tomaram a 1ª dose por meio do Estado, mas estavam procurando a Prefeitura de São Luís para tomar a segunda.

Diante disto, Joel Júnior solicitou informações sobre o quantitativo total de doses aplicadas nos “arraiais” e o envio de doses para que a gestão da capital aplicasse a 2ª nesse público.

A SES nunca respondeu, segundo a Semus.

Em vez disso, o seu titular, Carlos Lula, foi às redes atacar a gestão Eduardo Braide (Podemos), acusando-a de negar-se a vacinar a população.

Como “prova” do seu argumento, utilizou a postagem de um vídeo, no qual um morador de Paço do Lumiar que se vacinou com a 1ª dose num arraial do governo tentava tomar a 2ª dose em São Luís, no Shopping da Ilha.

Nas imagens, o próprio cidadão informa que tentou completar a imunização em Paço do Lumiar, mas não conseguiu.

“Eu tô vindo de Paço do Lumiar e não tem vacina lá”, afirmou (reveja).

Politização

O caso denota, mas uma vez, o interesse de agentes do governo Flávio Dino (PCdoB) em politizar a vacinação no Maranhão.

Se houvesse atendido ao pedido da Prefeitura de São Luís, não haveria problemas.

Pedido, aliás, muito pertinente. Se o Estado aplicou diretamente as primeiras doses, deveria ter reservado as segundas. Ou, então, São Luís acabará penalizando um morador que tomou a 1ª dose na capital, e ficaria sem a 2ª por uma desorganização estadual.

Mas preferiu-se deixar o problema acontecer, para tentar culpar um adversáro.

Mas tem vacina?

Depois de toda a confusão, o próprio Lula voltou às redes, para informar que quem tomou a 1ª dose num arraial, pode tomar a 2ª normalmente no antigo Cintra, ou no Pátio Norte Shopping.

“A gente continua vacinando no Cintra e no Pátio Norte. E isso não seria desculpa. Não faltam doses”, disse.

Pois bem…

Lá no Pátio Norte o próprio morador de Paço do Lumiar já havia revelado que não conseguira se imunizar.

Mas o governo, de fato, parece mais interessado em tumultuar, não resolver os problemas.

Faltou à SES, então, informar melhor que o Cintra também estaria disponível. Ou ele não teria se dirigido ao Shopping da Ilha


1 pensou em “Governo deve fornecer vacinas à Prefeitura para garantir 2ª dose de “Arraial”; ou penaliza ludovicenses

  1. Isto é somente um pequeno resumo da incompetência do desgoverno estadual que ai está, este mequetrefe e patético governadorzinho de meia tigela que deveria cuidar do povo que o elegeu fica é em redes sociais com picuinhas politicas em vez de procurar o que fazer, deveria ao menos por gente competente para as secretarias, mais a sua incompetência e arrogância é tão grande que a vida deste apedeuta e patético governadorzinho mequetrefe é ficar tentando culpar os outros gestores por sua tamanha incompetência

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.