Covid-19: SLZ seguirá vacinando adolescentes apesar de recomendação contrária do Ministério da Saúde

REUTERS/Dado Ruvic

A Secretaria Municipal de Saúde de São Luís (Semus) confirmou hoje, 16, que seguirá vacinando adolescentes de 12 a 17 anos, mesmo após o Ministério da Saúde revisar recomendação sobre o assunto.

“Seguindo a recomendação da Comissão Intergestores Bipartite, o Município de São Luís continuará a vacinação dos adolescentes de 12 a 17 anos, inclusive já tendo o número de 98.743 aplicações feitas desde o início da vacinação simplesmente nesse público”, diz Joel Nunes Júnior, titular da Semus.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) informou que manterá o cronograma enquanto aguarda mais informações do governo federal. Mas ressalta que a Organização Mundial da Saúde (OMS) orienta a garantia de aplicação das duas doses para completar o ciclo de vacinação e garantir a imunização completa.

“A Semus ressalta que a Organização Mundial da Saúde (OMS) orienta a garantia de aplicação das duas doses para completar o ciclo de vacinação e garantir a imunização da população. Neste sentido, a secretaria tem mantido contato com o Ministério da Saúde e outros órgãos, como o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e aguarda maiores esclarecimentos para adotar novas diretrizes na Campanha Municipal de Vacinação”, diz o comunicado.

Em nota técnica publicada ontem, 15, a Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 do ministério passou a recomendar a vacinação apenas para os adolescentes entre 12 e 17 anos que tenham deficiência permanente, comorbidades ou que estejam privados de liberdade.


3 pensou em “Covid-19: SLZ seguirá vacinando adolescentes apesar de recomendação contrária do Ministério da Saúde

  1. Parabéns pela decisão! O Ministério da Saúde perdeu completamente a credibilidade ainda nos primeiros meses de pandemia.
    Essa recomendação de suspensão é mais uma das palhaçadas do desgraçado que está presidente.

  2. o ministro da saude era o mandetta, que mandou ficar em casa, até ficar bem ruim? Bons são o secretario de estado e o secretario municipal de saúde, da época.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *