Dino: eleição é ‘última opção’; via rápida seria cassação de Bolsonaro no TSE

O governador Flávio Dino (PSB) deu hoje, 22, em entrevista ao Uol News, mais uma mostra de como a esquerda – que se diz democrática – despreza as urnas como opção para mudanças (ou não) no país.

Ao comentar a possibilidade de impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o socialista maranhense mostrou-se pouco confiante, e disse que a via mais rápida para tirá-lo do poder seria mesmo uma cassação pelo TSE. “Essa poderia ser feita em meses, poucos meses. Três, quatro meses, no máximo”, disse, ao avaliar essa opção como uma “saída institucional”.

“Talvez seja uma saída institucional, tendo em vista o derretimento das condições de governabilidade”, disse, ao ser questionado pelo jornalista Josias de Souza sobre “como o Brasil lidará com esta cena até o final do ano que vem”.

Bolsonaro ainda enfrenta uma ação na Justiça Eleitoral, referente ao pleito de 2018.

Para Dino, o voto popular é apenas a “última opção”.

“Nós precisamos achar uma saída. Temos, é claro, a saída das urnas, que é a ultima ratio, neste caso, é a última opção, porque é a mais longa, então isso prorroga este terror cotidiano que assola nosso país”, completou.

Veja:


12 pensou em “Dino: eleição é ‘última opção’; via rápida seria cassação de Bolsonaro no TSE

  1. essa anta antidemocrática do governador, ele não conseguiu cassar João Castelo, Roseana Sarney e agora quer cassar bolsonaro.. hahahahahahahahahah
    não vai ter golpe!

  2. O Brasil se está sem presidente como diz esse senhor FD que não se elegerá para senador,visto que,ele está se achando a última bolacha do saco e pensando que o povo ainda é burro,engana-se.O Brasil também está cheio de governadores apropriadores do erário público e como exemplo o sumiço do dinheiro dos respiradores que seriam destinados ao povo e que ele e os outros governadores poderão ser chamados a dizer onde foi parar essa dinheirama. Quem precisa ser casado por falta de honestidade são os governadores do nordeste que embolsarão o dinheiro da saúde e o povo ainda não sabe.

  3. E MAIS NA PROXIMA SEMANA SAIRA DECRETO DE QUEM NAO TIVER VACINADO NAO PODERÁ MAIS TER ACESSO A LOCAIS PUBLICOS E NEM TRABALHAR. AI VIVEMOS EM UM PAIS DEMOCRATICO. AGUARDEM DEVE SAIR AINDA ESSE MES. E MAIS UMA INVESTIDA DESSA PESSOA QUE SERA IGUAL JEORAO VAI MORRER E NAO DEIXAR SAUDADES.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *