DataTempo: Flávio Dino é aprovado por 51,2% no Maranhão

Pesquisa DataTempo, do jornal O Tempo, mostra que o governador Flávio Dino (PSB) segue bem avaliado no Maranhão.

De acordo com levantamento divulgado pelo instituto na semana passada, o maranhense tem 51,2% de aprovação, contra 42,7% que o reprovam.

No geral, de acordo com os dados da pesquisa, o trabalho dos governadores é aprovado por 43,9% da população, enquanto o do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é de apenas 31,1%.

Em outros 13 estados há a aprovação da maioria dos eleitores ao trabalho dos governadores. São eles: Acre (83,3%); Bahia (67,7%); Piauí (66,7%); Espírito Santos (64,7%); Pará (64,3%); Alagoas (61,8%); Paraná (60,4%); Minas Gerais (57,6%); Mato Grosso do Sul (54,2%); Goiás (54,1%); Ceará (51,5%); Roraima (50%); e Sergipe (50%). 


13 pensou em “DataTempo: Flávio Dino é aprovado por 51,2% no Maranhão

  1. Se isso for mesmo verdade, se não é voto de comissionados do governo ou pura manipulação de dados, então o Maranhão merece mesmo os governantes que tem, merece continuar na chibata de eterno…

  2. Mais uma pesquisa mequetrefe ao gosto de quem paga.
    O que foi que este incompetente fez de bom ao povo do Maranhão pra está com esta aprovação toda?
    Um governador que não absolutamente nada para mostrar durante quase oito anos de mandato

  3. SAO OS MESMOS ANALFABETOS QUE ELEGERAM ESSE DITADOR. O NÚMERO DELES, ANALFABETOS ABAIXO DA LINHA DA POBREZA EXTREMA, AUMENTOU EM 400 MIL , COITADOS!

  4. Esse COMUNISTA se acha o melhor político do mundo , arrogância é o seu mote….os números mostram q a metade da população o REJEITA e irá derrota-lo caso concorra ao senado…vai quebrar a cara…vi o vídeo em Tuntum onde disse q uma pequena parcela da população do Maranhão não gosta dele….TA TOTALMENTE ENGANADO… é a METADE DA POPULAÇÃO Q REPUDIA ESSE COMUNISTA .

  5. Pesquisa completamente desfocada da realidade. Não vejo uma pessoa dizendo que aprova esse comunista. A não ser comissionados comensais do Palácio. Falam é num revés estrondoso dele em outubro de 2022.

    Dino está longe de se comparar com um Cafeteira, Castelo e até de uma Roseana Sarney e o sarneyismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *