Extrema pobreza: Flávio Dino, como sempre, culpa os outros

Nada de anormal…

O governador Flávio Dino (PSB) culpou, em entrevista à revista Exame, os problemas econômicos do país pelo aumento da extrema pobreza no Maranhão.

Segundo o IBGE, entre 2015 e 2019 quase 400 mil maranhenses engrossaram a conta da miséria no estado (saiba mais).

Mas Dino, segundo ele próprio, não tem culpa de nada, porque é muito difícil para um estado sozinho reverter uma tendência nacional.

“O que temos feito é investimento público para gerar trabalho, por isso temos um Caged positivo, e muita política social. Não é uma solução sistêmica porque não se faz política econômica a nível estadual”, disse


6 pensou em “Extrema pobreza: Flávio Dino, como sempre, culpa os outros

  1. Essa desculpa canhestra do comunista sobre o agravamento da extrema pobreza no MA no período de 2015 a 2019 equipara-se ao combate da Pandemia. Que Bolsonaro enviou os recursos para o combate à doença, sabe-se lá como os mesmos foram aplicados no MA, e depois ele é que tem sido apontado como o causador da maioria das mortes no estado por ser negativista.

  2. E a culpa é de quem MESMO???
    Tem cada matéria idiota tentando esconder a verdade das desgraças pelas quais o passa de 2016 pra cá.
    Essa política econômica Federal que enriquece os mais ricos e acaba com os maus pobres.

  3. Morei nesse estado por 20 anos, eita povin de merda, que só vive pra pedir esmolas a políticos corruptos. O que se aproveita do Maranhão é o agronegócio e algumas empresas privadas como as do grupo Mateus. O serviço público do Maranhão é uma lástima, os políticos vivem da miséria do povo paupérrimo que toma naquele lugar e ainda bate palmas para os bandidos corruptos desgraçados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *