Simplício alerta: MA pode perder R$ 2,3 bi de investimentos em ferrovias

O Brasil pode perder até R$ 83,7 bilhões se o Senado não renovar a Medida Provisória 1.065/2021, que criou o regime de autorização para construção de novas ferrovias pela iniciativa privada.

Desse total, o Maranhão deve perder aproximadamente R$ 2,3 bilhões.

A avaliação é do secretário de Estado da Indústria, Comércio e Energia, Simplício Araújo (SD), que fez o alerta nesta terça-feira, 26, em reunião do Consórcio Brasil Central.

A MP vence na sexta-feira, dia 29.

Simplício diz que entidades e empresas que já solicitaram autorização para construir trechos enviaram documento ao presidente do senado solicitando a prorrogação da medida.

O maior plano de infraestrutura em andamento no País, que prevê a construção de 21 novos trechos de ferrovias pela iniciativa privada e R$ 83,7 bilhões em investimentos, corre o risco de ser inviabilizado, dando fim à expansão de 5.640 quilômetros de trilhos na malha federal.

A MP pode ser renovada por mais 60 dias, mas essa decisão depende do presidente do Senado. 

“Espero que, num momento em que tanto precisamos de investimentos e infraestrutura, que o espírito público e a defesa dos interesses do País prevaleçam e que o congresso possa defender e sustentar o novo marco regulatório do setor ferroviário”, destacou Simplicio, representante do Maranhão no consorcio Brasil Central.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *