Ouvidor do TJMA divulga relatório de atividades durante sessão plenária

O ouvidor do Poder Judiciário do Maranhão, desembargador Kleber Costa Carvalho, encaminhou Relatório de Atividades da Ouvidoria, referente ao segundo semestre de 2021, ao presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Lourival Serejo, durante sessão plenária administrativa, realizada nessa quarta-feira (15). O documento foi enviado a todos os desembargadores e desembargadoras da Corte de Justiça estadual.

As informações contidas no relatório visam contribuir para o aperfeiçoamento da gestão do Judiciário estadual e a construção de políticas administrativas voltadas para a melhoria da qualidade dos serviços judiciais e extrajudiciais oferecidos à população.

No documento, constam levantamentos sobre o total de manifestações registradas pelos usuários e usuárias da Justiça e seus tipos, canais mais utilizados, unidades mais reclamadas e as mais elogiadas, eventos promovidos, além de considerações e recomendações importantes feitas pelo ouvidor, diante dos dados apresentados.

MANIFESTAÇÕES RECEBIDAS

No período compreendido entre 1º de julho e 4 de dezembro de 2021, a Ouvidoria recebeu 2.476 (duas mil quatrocentos e setenta e seis) manifestações, que representam um decréscimo de 8,26% em relação ao 1º semestre de 2021 (2.699 manifestações).

Do total de manifestações recebidas, 1.396 foram recebidas por formulário eletrônico, 353 pela Divisão do Telejudiciário (call center), 98 registros presenciais de manifestação e as demais demandas distribuídas pelas outras formas de recebimento.

ELOGIOS

Dentre as manifestações registradas pelos usuários, também foram registrados elogios às unidades, servidores e magistrados, comprovando a existência de boas práticas em curso, que merecem reconhecimento e disseminação por todo o Judiciário.

No total, 42 unidades foram elogiadas, formalmente, pela população, dentre elas, a Ouvidoria; o 1º Centro de Solução de Conflitos de São Luís; Centro de Conciliação e Mediação do 2º Grau; Coordenadoria das Câmaras Cíveis Isoladas do TJMA; Diretoria do Fórum de São Luís; 13ª Vara Cível de São Luís; Vara Única de Cururupu; 5ª Vara Cível de São Luís, dentre outras unidades.

AGILIDADE

A Ouvidoria, que hoje conta com apenas 5 (cinco) servidoras no atendimento e acompanhamento das demandas, conseguiu oferecer no semestre respostas às manifestações de usuários e usuárias,no prazo de (20) vinte dias úteis, em mais de 97% dos casos, contando, para tanto, com a colaboração de magistrados, magistradas, servidores e servidoras de todo o Poder Judiciário estadual, inclusive dos Cartórios.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.