NOTA DE RETRATAÇÃO EM RELAÇÃO AO DEFENSOR PÚBLICO MURILO GUAZZELLI E SUA FAMÍLIA

Eu, Gilberto Leda, jornalista responsável pelo blog “gilberotleda.com.br” e pelo usuário @gilbertoleda nas redes sociais Instagram e Twitter, no que concerne à matéria com a chamada “Com 85% de votos, Alberto Bastos deve seguir no comando da DPE”, publicada em 17.04.2020, venho apresentar RETRATAÇÃO PÚBLICA E PEDIDOS PÚBLICOS DE DESCULPAS de todas as afirmações levianas que desferi contra o Defensor Público Murilo Carvalho Pereira Guazzelli, ao replicar insinuações que seria ele, a partir de acusações feitas pelo deputado estadual Yglésio Moyses (PDT), denunciado na CPI da Pedofilia.

Após ser acionado judicialmente e em audiência de conciliação ocorrida no dia 16 de março de 2022, restou claro que eu, por motivações políticas atinentes à eleição para o cargo de defensor geral da defensoria pública do maranhão e para favorecer determinado candidato, ERREI GRAVEMENTE em minhas publicações, FATO QUE MACULOU A HONRA OBJETIVA E SUBJETIVA DO SR. MURILO GUAZZELLI, REPERCUTINDO TAMBÉM EM SUA FAMÍLIA, EM ESPECIAL EM SUA ESPOSA E EM SEU FILHO.

Dessa forma, e como titular do apontado blog e dos perfis do Instagram e Twitter, reconheço que agi de forma equivocada, injusta e em dissonância das boas práticas jornalísticas em relação ao referido Defensor Público e sua família no referido caso.

Outrossim, também reconheço meu erro de sequer oportunizar ao Defensor Público Murilo Guazzelli a possibilidade prévia de ser ouvido, replicando, sem cuidado algum e de forma leviana, falsas acusações proferidas pelo deputado Yglésio Moyses, que macularam a honra (objetiva e subjetiva) do próprio Murilo Guazzelli e da sua família.

Reconheço, por fim, que inobservei o dever de levar a notícia com respeito, decoro e fidelidade, lamentando pelo equívoco cometido nas falsas acusações por mim replicadas.

Assim sendo, pelas injustas ofensas equivocadamente proferidas, peço sinceras desculpas ao mencionado Defensor Público, bem como a todos os seus familiares, em especial a sua esposa e seu filho, e a todos aqueles que tiveram seus julgamentos e opiniões em relação ao caráter, honestidade e boa conduta do Sr. Murilo Guazzelli, deturpados pela minha publicação, reforçando o compromisso de levar informações e notícias com a fidedignidade imposta ao bom jornalismo.

Nota do editor: texto redigido e encaminhado pela defesa do defensor público estadual Murilo Guazzelli, em sede de acordo firmado na 2ª Vara Criminal da Comarca de São Luís.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.