Fábio Macedo retoma debate sobre gás natural no Maranhão

Em meio aos constantes aumentos nos preços dos combustíveis em todo país, o deputado estadual Fábio Macedo retomou o discurso sobre o Gás Veicular Natural durante pronunciamento nesta quinta-feira(17), no plenário da Assembleia Legislativa.

“Eu venho mais uma vez neste plenário, queridos colegas de parlamento para falar sobre o GNV e como adotar essa riqueza que produzimos aqui no Maranhão, como alternativa de combustível veícular. Nos últimos anos temos visto uma escalada nos preços da gasolina, etanol e diesel e não é justo que os maranhenses não possam se beneficiar do que é produzido aqui”, disse Macedo.

Durante seu primeiro mandato Fabio se destacou pela atuação na Comissão Temática de Assuntos Econômicos, onde defendia a comercialização do GNV e seu uso como combustível veícular. Na época, realizou várias discussões, buscou a própria Eneva para debater o assunto e viabilizar um projeto junto ao Governo do Estado. Alem audiências publicas e visitas aos campos de produções do Gás Natural.

“Como todos sabem, essa é uma luta que eu venho travando desde a legislatura passada e vou continuar batendo nessa tecla. Sempre abracei a bandeira da comercialização do GNV como alternativa de combustível veícular em nosso estado. Na presidência da Comissao de Assuntos Econômica, busquei um diálogo com Governo do Estado e a Empresa Eneva, que explora o Gás Natural aqui no Maranhão, afim de garantir uma forma de combustível mais barato, com as riquezas que são produzidas aqui e economize o dinheiro dos maranhenses que principalmente levar economia para o bolso dos maranhenses sofrem com os aumentos dos combustíveis, além da inflação, o que torna os custos de vida cada vez mais caros.”, finalizou Fabio.


3 pensou em “Fábio Macedo retoma debate sobre gás natural no Maranhão

  1. O Fabio Macedo ,precisa ter o apoio da bancada estadual e federal nesse sentido, para fazer acontecer esse projeto,onde diminuirá os gasto do povo que a cada dia fica mais pobre.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.