Felipe Camarão comenta recuo de Weverton da CPI do MEC: ‘Errado’

Diário98

Ex-secretário de Educação do governo Flávio Dino (PSB)Felipe Camarão (PT) critica, em entrevista ao Diário 98, a retirada por parte do senador Weverton Rocha (PDT) do apoio à CPI do MEC, que tem sido articulada no Senado Federal para investigar suspeitas de corrupção e pedidos de propina no Ministério da Educação, outrora comandado pelo pastor Milton Ribeiro.

Indicado como vice para concorrer em outubro na chapa de Carlos Brandão (PSB), o ex-secretário de Educação dinista é enfático ao afirmar não ser possível um candidato acender uma vela para Lula no Maranhão e outra para Bolsonaro em Brasília: “É incompatível”, diz ele.

Camarão afirma ainda acreditar numa vitória do ex-presidente Lula (PT) no primeiro turno. E caso não ocorra, diz confiar que as forças democráticas estarão ao lado do petista para derrotar o extremismo de Jair Bolsonaro no segundo turno.

Diário 98 – O MEC está vivendo sucessivos escândalos de corrupção. O senador Weverton retirou apoio, a pedido de Bolsonaro, para enterrar a CPI do MEC. Como você vê essa posição do senador?

Felipe Camarão – Primeiro entendo que é urgente investigar esses escândalos com fortes indícios e provas robustas de corrupção no MEC. Isso tem que ser investigado pelo Ministério Público, pela Polícia Federal e, claro, pelo Congresso Nacional, que tem essa competência constitucional de investigar e fiscalizar o Poder Executivo.

Eu disse nas minhas redes a urgência da CPI do MEC. Sou amplamente favorável à implantação da CPI e sou absolutamente contra a retirada de qualquer assinatura nesse sentido.

Eu acho que quando a gente tem uma posição bem definida, e isso não estou falando só de política ideológica partidária, mas a favor das coisas funcionarem bem, principalmente na educação, investigar o MEC é urgente. Retirar assinatura de CPI está errado.


9 pensou em “Felipe Camarão comenta recuo de Weverton da CPI do MEC: ‘Errado’

  1. Errado é se filiar a um partido para se viabilizar em uma eleição.
    Infelizmente ocorreu na possível CHAPA branca.
    Mandaram um para o PT e outro para o PSB.

    Afinal, aonde está a identidade e ideologia ?

  2. Camarão , só tu sendo do PT já é uma desgraça…VTNC pra lá cara ….qro é q toda essa esquerda maldita pegue o msm foguete é vá pra Mártir…FD, WR, CAMARÃO, BRANDÃO, BIRA, OTHELINO, ELIZIANE etc….e q não voltem mais , deixem o Maranhão em PAZ.

  3. SINUCA DE BICO
    Se o grupo de Dino tivesse escolhido Weverton Rocha (PDT) para concorrer ao governo do Estado estaria agora em uma sinuca de bico. Esse “orçamento secreto” foi uma estratégia bolsonarista de pôr parlamentares na vulnerabilidade política. Weverton deve ter caído na armadilha. O sonho de ser governador está mais longe. Para felicidade do Maranhão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.