NOTINHAS DA MANHÃ

Propaganda antecipada

O ex-governador Flávio Dino (PSB) está sendo investigado pela Procuradoria Regional Eleitoral no Maranhão (PRE-MA) por possível prática de propaganda eleitoral antecipada. O socialista participou, em fevereiro, da distribuição de “cestas básicas, kits de irrigação, bolas e camisas de futebol, instrumentos musicais, aparelhos de ginástica, barracas de feira, capacetes de motos, entre outros itens”.

Foco
O deputado estadual Yglésio Moyses (PSB) cobrou nesta terça-feira, 3, foco da base governista para evitar derretimento da pré-candidatura do governador Carlos Brandão (PSB) à reeleição. O parlamentar voltou a tecer críticas à comunicação da atual gestão e apontou, ainda, problemas na articulação política.

Desalento
O clima entre aliados de Brandão é de desalento depois da confirmação da união da oposição em torno do nome do senador Roberto Rocha (PTB), que tentará a reeleição para o Senado.

Nacionalização
Emparedado após a unidade da oposição em torno de Roberto Rocha (PTB) – e sem condições de levar adiante um debate sério a respeito do desenvolvimento do Maranhão (ou falta dele) na sua gestão -, o ex-governador Flávio Dino (PSB) tenta reforçar a tese de nacionalização do disputa estadual. Quer forçar o eleitor a acreditar que a eleição maranhense é de aliados do Lula contra os de Bolsonaro. Mas, pelo visto, não vai colar…

2º turno
Além da unidade das oposições no 1º turno em prol de Roberto Rocha (PTB) o fato marcante do anúncio desta segunda-feira, 2, foi a revelação de que os pré-candidatos oposicionistas ao Governo do Maranhão também marcharão juntos num possível 2º turno.

Contraproposta
Os professores grevistas de São Luís devem apresentar uma contraproposta à Prefeitura de São Luís para encerrar o movimento: devem pedir 17,62% de reajuste. A proposta da prefeitura é de 10,06%. O Ministério Público propôs um meio-termo: 14,57%.


2 pensou em “NOTINHAS DA MANHÃ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.