Weverton alivia Bolsonaro, e faz crítica injusta a Guedes

(Washington Costa/Ministério da Economia)

Na tentativa de se descolar da imagem de Jair Bolsonaro (PL), o senador Weverton Rocha (PDT) adotou uma nova estratégia: não critica diretamente o presidente, mas mira nos seus auxiliares, para sustentar a tese de que é “o melhor amigo do Lula no Maranhão”.

Neste fim de semana, ele utilizou as redes para atacar o ministro da Economia, Paulo Guedes, após técnicos do Ministério da Economia apresentarem uma proposta para reduzir o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

“Como se não bastasse o preço alto da comida, o desemprego e o valor do combustível nas alturas, o ministro Paulo Guedes agora quer reduzir o FGTS e piorar ainda mais a vida do trabalhador. Se depender de mim, essa medida não passará no Senado”, declarou.

A crítica, no entanto, é injusta.

Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, Guedes não pretende dar peso político à ideia, embora não se oponha a que estudos sejam feitos em escalões inferiores da pasta.

“O ministro é defensor da redução dos encargos trabalhistas, mas avalia que o corte da alíquota de contribuição das empresas de 8% para 2%, além da diminuição da multa por demissão sem justa causa de 40% para 20% não são os melhores caminhos para atingir este objetivo”, diz a publicação (leia aqui).

Bola fora, Weverton…


6 pensou em “Weverton alivia Bolsonaro, e faz crítica injusta a Guedes

  1. Gilberto você tem alguma frustração em relação ao Weverton ?
    O que é mais feio: você que passou a adorar o Dino ou os Sarney que hoje só sobrevivem na política se o Dino ajudar?
    Ei, esse Dino é o mesmo que falou que os Sarney e sua turma eram o atraso do Maranhão .

  2. Weverton Rocha é um aventureiro que se tornou um jaboti trepado em árvore sem formação nenhuma acadêmica só pensa em se dar bem e um ligeirinho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.