PEC que prevê benefícios a juízes e MP ‘corrige injustiças’, diz Pacheco

O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), voltou a defender, nesta quarta-feira (18/5), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 63/2013, de autoria do ex-senador Gim Argello (PTB-DF), que recria os quinquênios na Justiça. O benefício financeiro por tempo de serviço a juízes e promotores foi extinto em 2005, mas, para o senador, o seu retorno, caso assim decida a Casa, virá para “corrigir injustiças”.

“É uma proposta que estrutura bem a carreira e visa dar estímulos para a área da magistratura. E corrige uma injustiça, que é o fato de alguém em início de carreira ter uma remuneração de alguém no final de carreira”, defendeu Pacheco.

Recentemente, em participação no programa Roda Viva, da TV Cultura, o senador negou se tratar de um “agrado” aos membros do Judiciário. Na avaliação dele, a proposta trará uma valorização das carreiras de magistratura e do Ministério Público, ao “extinguir de uma vez por todas a possibilidade de haver subsídios, esses penduricalhos que de fato são completamente afastados da realidade nacional”.

As informações são do Metrópoles


2 pensou em “PEC que prevê benefícios a juízes e MP ‘corrige injustiças’, diz Pacheco

  1. Esse nunca mais será presidente do congresso nacional,um calça frouxa que tem medo dos membros do STF,principalmente do careca Moraes.Esse congresso que é soberano e forte,ficou fraco,medíocre,sem postura e cheios marionetes.Precisamos sim ,de um presidente macho e firme no comando daquela casa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.