Travessia Junina reúne milhares na Beira-Mar e Ponte José Sarney

Depois dos sucessos de público no Maranhão de Reencontros e na abertura do São João 2022 com um cortejo junino, foi a vez de, na tarde desse domingo (29), o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secma), oferecer ao público maranhense uma ação inédita: Travessia Junina.

Durante o percurso na ponte, a intervenção cultural contou com a participação dos bois de Maracanã (sotaque de matraca), de Ribamar (sotaque de matraca) e de Nina Rodrigues (sotaque de orquestra).

Cerca de 10 mil pessoas estiveram no evento, que teve como ponto de concentração a fachada do Museu Ferroviário e Portuário do Maranhão – abrigado no prédio da Reffsa. Dali, a multidão se deslocou para a ponte José Sarney – popularmente conhecida como ponte do São Francisco -, para literalmente ocupar a construção inaugurada em 1970 sobre o Rio Anil.

“Essa é a Travessia Junina. O governador Carlos Brandão orientou e a gente está cumprindo. São mais de 10 mil pessoas prestigiando a nossa ponte do São Francisco. Isso aqui virou mais um marco cultural. Esse é o governo do Estado dando de presente mais um evento cultural para a sua população”, pontuou o secretário de Estado da Cultura, Paulo Victor.

Devidamente interditada para veículos, o momento foi mais uma oportunidade para um público saudoso da mais tradicional manifestação artística e cultural do estado, dar boas-vindas ao maior São João do Maranhão, que começou de forma inovadora.

“É a primeira vez que eu estou passando andando na ponte, então eu nunca tinha vivido essa experiência. Tem sido sensacional. Tudo bem tranquilo, com policiamento”, avaliou o empresário Marcone Pestana.

“Está sendo inovador. Eu nunca tinha participado de um São João assim, era sempre nos arraiais, e agora fazer essa travessia foi bem diferente”, disse o servidor público Bernardo Filho.

“Desde pequena eu sempre saí em bois, então é um orgulho enorme ver que o nosso São João está sendo tão valorizado, tenho uma imensa gratidão pelo Governo”, comentou a dançarina do Boi de Nina Rodrigues, Clarisse Veras.

Programação oficial

A programação oficial nos arraiais organizados pelo governo do Estado tem início nesta quinta-feira (2), com mais de 500 atrações ao longo de dois meses. O encerramento será no dia 31 de julho.

Para a maioria dos mais de 20 arraiais o funcionamento será de quinta a domingo. O público evangélico também será contemplado, com o Arraial do Povo de Deus, no Parque do Rangedor, nos dias 1° e 2 de julho.

Os destaques ficam por conta da Praça Nauro Machado, com programação de 11 de junho a 3 de julho; da Vila Palmeira, com um mês de duração, de 2 de junho a 2 de julho, de quinta a domingo para ambos; e o do Ipem, que funcionará diariamente, de 11 de junho a 10 de julho.


2 pensou em “Travessia Junina reúne milhares na Beira-Mar e Ponte José Sarney

  1. Um perigo eminente e perigoso,onde tem a malvada da bebida que transforma a personalidade de muitos e qualquer desentendimento,mesmo com policiamento,vai acabar alguém no fundo do mar. Local totalmente inadequado e perigoso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.