“Resposta da MOB não foi satisfatória”, diz Neto Evangelista sobre ferryboats

“Ouvimos a Agência de Mobilidade Urbana (MOB), o Ministério Público e outras instituições e a situação do serviço de travessia envolve duas situações: uma jurídica que diz respeito à licitação que foi feita e a volta da prestação do serviço da população. E a resposta que o governo deu não foi satisfatória, pois não tem uma solução rápida”, afirmou o deputado estadual Neto Evangelista, em sessão especial realizada na quinta-feira (2), na Assembleia Legislativa, que tratou sobre o funcionalismo do sistema de travessia.

Segundo Neto, o governo informou que dentro de “30 dias vão entregar um ferry da empresa Serviporto que tem a intervenção do estado do Maranhão, que na sua avaliação foi errônea, pois não estavam preparados pra isso. Com 90 dias vão entregar outro ferry e não souberam dá o prazo de entrega pro terceiro ferry”.

Vale ressaltar que anteriormente à intervenção do estado, eram feitas aproximadamente 17 viagens e agora estão sendo feitas no máximo 9 contando com as viagens extras e isso vem causando um prejuízo gigantesco para a população.

Sobre a chegada de uma nova embarcação para o sistema de travessia, Neto informou que na sexta-feira (3), às 9h, a Marinha deverá realizar uma vistoria na embarcação para saber se ela tem condições de navegabilidade na maré, uma vez que era usada em transporte fluvial, nos rios.

“Vamos acompanhar a fiscalização pra saber se a embarcação tem condição de ser usada no sistema de travessia e estaremos em cima do governo do estado para que ele entregue de volta os ferry boats que estão em manutenção”, finalizou Neto.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.