Covid-19: Prefeitura de Ribamar cancela shows e suspende Feirinha

Após o aumento dos casos de Covid-19 na Grande Ilha e em todo o Estado do Maranhão, a Prefeitura de São José de Ribamar decidiu colocar em vigor um decreto sanitário. A decisão é pensando no bem-estar da população e na qualidade de vida do ribamarense. Com isso, está proibida a realização de festas ou qualquer tipo de evento que promova aglomerações em São José de Ribamar. Inclusive, a Feirinha Ribamar está suspensa por tempo indeterminado.

No mês de julho, por exemplo, foram detectados 542 casos positivos, em 2.200 testes realizados, no período de 1 a 7 de julho. Em 2022, somente com a onda de janeiro e fevereiro somou mais casos que os primeiros dias de julho, com 1.194 em fevereiro e 790 em janeiro.

Em março, nenhum caso foi registrado e abril somente 1 caso, além de 7 casos em maio. Em junho foram registrados 255 casos.

Com isso, a prefeitura decreta, no período de 8 a 23 de julho, a lotação de 50% em bares, restaurantes, casas de shows, lanchonetes, praças de alimentação e similares, podendo funcionar até às 22h e com o uso obrigatório de máscara, entre outras determinações.

A prefeitura tem realizado testes de Covid-19 em todas as Unidades Básicas de Saúde, e também no Parque da Cidade, além da vacinação para crianças acima de 5 anos, disponível para toda a população de São José de Ribamar.

Para garantir a segurança dos ribamarenses, equipes da prefeitura estarão nas ruas para fiscalizar e tomar as devidas providências em caso de descumprimento do protocolo sanitário lançando pela Prefeitura.


2 pensou em “Covid-19: Prefeitura de Ribamar cancela shows e suspende Feirinha

  1. Essa Covid nunca saiu do nosso meio e as autoridades acharam que com o esvaziamento dos hospitais e vacinação,tudo estava acabado. Infelizmente ,essa doença levará tempo para ser exterminada do nosso meio ,e como presente,os irresponsáveis gestores anunciaram um festejo de 60 dias de muita cachaça e concentração popular de milhões de loucos por um boi somente. O povo deve acordar para JESUS e olhar direito que eles querem fazer política suja através dos pobres incultos. Salve Deus! Em São Luís, O secretário de Cultura Paulo Victor ,foi irresponsável ao determinar essa festejo prolongado de 60 dias,onde poderá aumentar a contaminação,que deus nos livre,onde deveria ter sido consultado as autoridades sanitárias antes de tomar essa atitude infeliz. Acho,que houveram varias super concentração de mais de 15 mil pessoas em um só lugar e isso ajudou a ter um acréscimo da doença. Brandão ,o nobre soube o que é hospital,então não embarque nas loucuras dos seus auxiliares antes de pensar e conversar com o seu travesseiro e poderá sobrar para o nosso futuro chefe governador. Estamos juntos! O prefeito de Ribamar é médico e somente agora ,determina restrições depois do caldo derramado. Um prefeito oportunista e um médico irresponsável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.