Brandão lamenta assassinato de petista e diz que esperança é Lula

Imirante

O governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB), comentou nas redes sociais o assassinato do guarda municipal e tesoureiro do Partido dos Trabalhadores (PT) Marcelo Aloizio de Arruda, de 50 anos.

O petista foi baleado em sua festa de aniversário pelo policial penal federal Jorge Jose da Rocha Guaranho, simpatizante do presidente Jair Bolsonaro (PL), segundo nota do PT.

“Minha solidariedade à família vitimada pelo triste e lamentável episódio de Foz do Iguaçu. Precisamos de paz, harmonia e tolerância. Precisamos de mais amor e menos ódio. Não é esquerda ou direita. É civilização ou barbárie. A esperança tem nome: Lula Presidente””, afirmou.


29 pensou em “Brandão lamenta assassinato de petista e diz que esperança é Lula

  1. Infelizmente o extremismo político e a falta de respeito levou a esta situação.
    Triste é politizar mais ainda essa situação.
    Mas o Lulista também estava armado. Já devia ser treta antiga.

    • Esperança de que msm ???? Esse CANALHA é o maior incentivador da violência, principalmente no campo com esses vagabundos do MST , que invadem propriedades alheias, causando prejuízos e com violência armada msm …vcs são um BANDO DE CANALHAS E HIPÓCRITAS…O MARGINAL LIGADO AO PSOL , QUASE MATAVA O PRESIDENTE BOLSONARO E VCS estavam com a língua aonde q nada falaram….SEUS VERMES , ESSA ESQUERDA É UMA DESGRAÇA.

  2. O PETISTA ESTAVA ARMADO (ARMA REGISTRADA E COM AUTORIZAÇÃO PARA PORTE?), EM DESACORDO COM A PREGAÇÃO OFOCIAL DO PT, QUE QUER A POPULAÇÃO DESARMADA. OU SEJA, A PREGAÇÃO DO PT SE DESTINA APENAS À POPULAÇÃO NÃO PETISTA. OS PETISTAS PODEM TER E PORTAR ARMAS. É O FAMOSO “FAZ O QUE EU DIGO, MAS NÃO FAZ O QUE FAÇO> HAJA CONTRADIÇÃO ENTRE DISCURSO E PRÁTICA.

    • Só faltou dizer que petista tinha porte de arma por ser integrante da guarda municipal, o que mesmo assim não o impediu de ser assassinado por alguém que também tinha o porte, o agente penitenciário homicida.

  3. Quanto oportunismo… aproveitam até a morte do petista pra fazer propaganda. Se fosse empatia e comoção verdadeira, o governador teria se limitado a lamentar a perda… Mas tem que militar…
    Isso me lembrou aquela piada antiga da esposa do judeu que morreu e ele botou uma notinha no jornal… E aproveitou pra vender a belina velha…

  4. Quando 1 não quer 2 não briga. Esperança de se agarrar politicamente na morte e tragédia, sabemos bem, assim foi nas palavras de lula “O bem que a natureza criou, a pandemia”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.