STJ devolve comando do Pros a Marcus Holanda; decisão tem reflexo no MA

O ministro Antonio Carlos Ferreira, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), decidiu devolver o comando do Pros ao perito aposentado da Polícia Civil Marcus Holanda, que foi eleito para o cargo em julho de 2022. A decisão foi tomada na noite de quarta-feira (3).

No domingo (31), o vice-presidente do STJ, ministro Jorge Mussi, havia concedido a liderança da legenda a Eurípedes Júnior, fundador do partido. Na decisão, ele disse que não viu provas suficientes para justificar a saída do político.

Com o novo despacho, a presidência do Pros deverá mudar novamente de mãos no Maranhão.

Ontem mesmo a esposa do vereador Chico Carvalho (Avante), Tatiana Carvalho, havia sido recolocada como presidente estadual, no lugar do suplente de deputado estadual Marcos Caldas.

Carvalho chegou a anunciar que o partido estava de volta à base do governador Carlos Brandão (PSB).

Agora sob o comando de Marcus Holanda nacionalmente, a sigla deve voltar a ser controlada por Caldas em âmbito estadual – e também retornar à base do senador Weverton Rocha (PDT).


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.