Flávio Dino retalia Valéria e Deoclides Macedo após votação da MP 230

O governador Flávio Dino (PCdoB) não gostou nada da postura de pelo menos três deputados durante a votação da MP 230/17, que concedeu gratificação apenas sobre a GAM dos professores da rede estadual de ensino do Maranhão.

Valéria Macedo (PDT), Vinícius Louro (PR) e Zé Inácio caíram no conceito do comunista porque nenhum deles estava em plenário na hora da votação.

Mas a pior situação é a da pedetista. Valeria chegou a comparecer à sessão, mas “vazou” quando percebeu que clima começava a esquentar.

Resultado: o governador, que já estava prestes a chamar de volta para sua equipe o deputado federal Julião Amin (PDT) – abrindo vaga na Câmara para Deoclides Macedo (PDT), irmão de Valéria – decidiu adiar seus planos.

Por tempo indeterminado.

9 ideias sobre “Flávio Dino retalia Valéria e Deoclides Macedo após votação da MP 230

  1. Com esse tipo de postura, quem perdi é só Governado do Estado, pois Deoclides foi o candidato a Dep. Federal mais votado na região Tocantina e Sul do Maranhão, inclusive tendo mais votos que muitas lideranças que lá estão, como: Rosângela Curado, Pastor Porto, Ildon Marques, Chico Coelho, Davi Alves Filho, dentre outros que me falta a memória.
    E por outro lado, Valeria foi a Dep. Estadual da base do governador mais bem votada naquela região. Então se realmente isso vim a acontecer quem só perdi são eles, pois o governo não tem nenhum dep. Federal naquela região p representá-lo e nenhuma liderança política com mais representatividade e que consiga aglutinar pessoas como Deoclides.

  2. Esse des-governador do Estado teve quase dez mil votos aqui em Porto Franco, sem gastar um centavo…no entanto é essa a resposta que ele dá para a população desta nobre cidade…mas p frente é que se anda…ano que vem estar logo ali…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *