Polícia prende homem que revendia relógios de luxo e joias roubados na Deodoro

A Polícia Civil do Maranhão prendeu em flagrante delito na manhã desta terça-feira (23), em um estabelecimento comercial localizado na Praça Deodoro, um homem de 44 anos por revender joias e relógios fruto de crimes contra o patrimônio.

Em nota, a PC destaca que o combate a este crime é crucial por diversas razões: “1. A receptação é um dos principais motores econômicos dos crimes contra o patrimônio, como furtos e roubos. Se não houvesse demanda ou mercado para os objetos furtado/roubados, muitos desses crimes não seriam tão lucrativos, reduzindo assim sua incidência. Ao comprar itens roubados, o receptador incentiva diretamente a continuação dessas atividades criminosas; 2. O impacto na Segurança Pública, pois o delito de receptação contribui diretamente para o aumento das taxas de criminalidade, afetando a segurança pública. Isso cria um ambiente de insegurança na sociedade, onde pessoas e propriedades estão em risco constante. O combate à receptação é, portanto, uma parte fundamental das estratégias de melhoria da segurança pública; 3. A receptação traz prejuízos econômicos, pois o comércio de itens furtados/roubados gera perdas econômicas significativas para indivíduos e empresas. Essas perdas vão desde a perda direta de bens até os custos adicionais com seguros, medidas de segurança e a substituição de bens roubados; 4. A receptação pode desestabilizar mercados legítimos, afetando negativamente empresas que operam legalmente. Isso pode levar à perda de empregos e à diminuição da confiança dos consumidores e investidores; 5. A receptação corroí as normas sociais e morais, incentivando a aceitação tácita do crime como algo normal ou justificável. Isso pode levar a um declínio geral nos padrões éticos da sociedade, prejudicando o tecido social”.

Durante as diligências, foram apreendidos vários objetos: 28 (vinte e oito) relógios de pulso, dentre eles um Rolex produto de furto avaliado em mais de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais); 5 (cinco) correntes douradas; 4 (quatro) pulseiras douradas; 01 (uma) pulseira cor de prata; 01 (uma) gargantilha dourada; 02 (dois) anéis dourados; 01 (um) par de brincos dourados; 125 euros; 115 dólares; 111 reais, entre outros.

‘Depois que estiver pronto, a população vai aprovar’, diz Aparício Bandeira sobre elevado

O secretário de Estado da Infraestrutura, Aparício Bandeira, falou nesta quarta-feira (23), a uma TV local, sobre a obra do Elevado da Holandeses/Litorânea, o famoso Bacabeirinha.

Segundo ele, a intervenção vai garantir mais fluidez ao trânsito da região. O secretário explicou que a obra ainda não foi concluída, mas já está com a via superior liberada, iluminação provisória e sinalizada, com os veículos transitando livremente.

Ele também rebateu fake news de que os alagamentos na área são culpa da obra. De acordo com o secretário, o problema é histórico na região da Lagoa e adjacências. Uma imagem de um grande alagamento em 2020 comprova a informação.

Bandeira deu, ainda, detalhes sobre o projeto de paisagismo, e arrematou: “Depois que estiver pronto, a população vai aprovar o elevado da Litorânea”.

Confira:

TJ define amanhã lista tríplice do MPMA para vaga de desembargador

O Tribunal de Justiça do Maranhão define nesta quarta-feira (24) a lista tríplice para preenchimento da vaga do Quinto Constitucional para o cargo de desembargador do TJMA, aberta em decorrência da decisão do Órgão Especial do Tribunal, em sessão ordinária realizada em 6 de dezembro de 2023, criada pela Lei Complementar nº 242/2022 e regulamentada pela Resolução-GP 8/2023.

Seis candidatos disputam as três vagas da relação de nomes que será encaminhada ao governador do Estado para a escolha do novo membro da Corte estadual. O TJMA já havia recebido ofício encaminhado pelo procurador-geral de Justiça, Eduardo Nicolau, com a lista sêxtupla do Ministério Público Estadual.

A lista foi aprovada pelo Conselho Superior do MPMA, em sessão extraordinária realizada em 25 de março de 2024, com a observância dos requisitos legais.

Candidatos

Integram a lista sêxtupla encaminhada pelo Ministério Público: a procuradora de justiça Maria Luiza Ribeiro Martins, com ingresso em 7 de agosto de 1990; a promotora de justiça Maria da Graça Peres Soares Amorim, 22 de maio de 1992; o promotor de justiça Ednarg Fernandes Marques, 22 de maio de 1992; a procuradora de justiça Mariléa Campos dos Santos Costa, 11 de março de 1987; o promotor de justiça Pablo Bogéa Pereira Santos, 17 de fevereiro de 2003; e o procurador de justiça Marco Antônio Anchieta Guerreiro, 6 de março de 1987.

Votação

De acordo com o Regimento Interno do TJMA, os desembargadores escolherão os nomes que comporão a lista tríplice, mediante votação secreta, observado o quórum mínimo de, pelo menos, dois terços dos membros votantes. 

Cada desembargador votará em três nomes e serão considerados escolhidos os mais votados, desde que obtenham a maioria absoluta dos votos dos desembargadores presentes, repetindo-se a votação, se necessário.

Na segunda e subsequentes votações, cada desembargador votará em tantos nomes quantos faltarem para compor a lista.

Havendo empate para o último nome, será procedida nova votação entre os empatados, cuja escolha se dará por maioria de votos.

OAB

O Judiciário maranhense ainda aguarda a nova lista sêxtupla da OAB, também para preenchimento de vaga do Quinto Constitucional para o cargo de desembargador(a), após devolução da lista anterior à Seccional em 4 de dezembro de 2023.

O ofício que trata da devolução da lista anterior informa que o Plenário do TJMA acolheu questão de ordem suscitada em dois processos administrativos para recusar a lista sêxtupla da vaga do Quinto Constitucional destinada à advocacia, por entender não preenchido o requisito constitucional objetivo referente aos mais de dez anos de exercício profissional, ressaltando que o Conselho Nacional de Justiça foi comunicado do julgamento. 

Iracema Vale recebe trabalhadores durante o ‘Grito da Terra – Maranhão 2024’

Foto: Biaman Prado/Agência Assembleia

A presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputada Iracema Vale (PSB), recebeu, na manhã desta terça-feira (23), caravanas de trabalhadores rurais e representantes do movimento ‘Grito da Terra – Maranhão 2024’. O ato foi organizado pela Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Maranhão (Fetaema), em ação conjunta com todos os 214 sindicatos filiados à entidade.

O movimento, que se iniciou às 5h, na entrada da Alema, reuniu agricultores familiares, mulheres trabalhadoras rurais, jovens do campo, assalariados rurais, assentados da reforma agrária, que reivindicaram maior atenção do Governo do Estado para com as comunidades e as famílias do meio rural maranhense, principalmente no que diz respeito às políticas públicas voltadas à área ágrária.

A chefe do Parlamento Estadual afirmou que o objetivo do ato é ampliar o diálogo com os movimentos sociais e reforçar as articulações em torno de políticas públicas para os agricultores.

“É extremamente importante dar voz aos trabalhadores do campo. A Casa do Povo está aberta para ouvir suas demandas, pois reconhecemos que os trabalhadores rurais são a verdadeira força por trás da produção de alimentos e do crescimento econômico do nosso estado”, afirmou Iracema Vale.

Também presente ao ato, o deputado Roberto Costa (MDB) defendeu o fortalecimento da agricultura familiar.

“É importante destacar a sustentabilidade da produção e o manejo dos alimentos pela agricultura familiar, que respeita a biodiversidade e os recursos naturais. Além disso, promove o fortalecimento das comunidades ao formar teias solidárias e agroecológicas de produção, que garantem o abastecimento dos mercados locais”, explicou o parlamentar.

Para a presidente da Fetaema, Ângela Silva, a manifestação foi expressiva devido à participação maciça dos trabalhadores rurais que, juntos, pediram mais atenção para a classe. Também foi um marco por ter sido a primeira vez que o movimento recebeu apoio logístico e foi recebido pelo Parlamento.

“Cerca de 5 mil pessoas demonstraram o poder de organização e mobilização da nossa categoria e, sobretudo, pelo sentido maior do ‘Grito da Terra – Maranhão’, que é uma manifestação de caráter de cobrança por direitos, de proposição, de negociação e principalmente de politização da categoria”, disse.

Após o ato na Assembleia Legislativa, os trabalhadores rurais seguiram em marcha até o Palácio dos Leões, no Centro Histórico de São Luís.

Yglésio quer revogar título de Cidadão Maranhense de Geraldo Alckmin

Imirante

O deputado estadual Yglésio Moyses (PRTB) anunciou nesta terça-feira (23) que está reunindo dados para pedir à Justiça a revogação de títulos de Cidadão Maranhense concedidos pela Assembleia Legislativa na atual legislatura, iniciada em 2023, em desrespeito ao Regimento Interno da Casa. Um dos atingidos, caso a ação seja julgada procedente, seria o vice-presidente da República, Geraldo Alckmin (PSB), que foi homenageado no fim do ano passado.

O debate consiste na concessão da honraria a cidadãos que não tenham residido por pelo menos dez anos no Maranhão – exigência regimental para que o indicado faça jus à homenagem.

O argumento foi usado pelo deputado Júlio Mendonça (PCdoB) para contestar proposta de título à ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro (PL), e deve ser utilizado, também, pelo deputado Zé Inácio (PT), em voto vista contrário à concessão da honraria ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Legislativo maranhense. As duas propostas são de autoria do próprio Moyses.

“O fundamento é o do tratamento. Ou ele é isonômico, ou a regra realmente não pode ser aplicada a ninguém. Por quê? Porque foi dado título para Geraldo Alckmin, que aqui me consta que nunca teve residência no Maranhão. Ricardo Capelli nunca ficou aqui dez anos, passou longe disso aqui dentro do estado do Maranhão, não tem residência fixa. Já deram inclusive título aí supostamente para o Lula, Luiz Inácio Lula da Silva”, destacou o parlamentar, citando ainda diversos outros casos.

“Então, assim, quando chega para dar o título para Michel Bolsonaro, passa na CCJ, mas não vem para o plenário. Quando é para dar o título para o Bolsonaro, tem um regime de urgência, e aí está na mão do deputado do PT”, completou.

Segundo ele, a ação judicial se limitará aos títulos concedidos na atual legislatura, e deverá ser protocolada ainda nesta semana. “[Ação será contra propostas] dessa legislatura. Nós estamos em fase final de apuração e nas próximas 48 horas vamos entrar com ação”, disse.

Mical rebate Kassab e pede para ser expulsa do PSD

A deputada estadual Mical Damasceno (PSD) rebateu, nesta terça-feira , 23, uma nota oficial do presidente do seu partido, Gilberto Kassab, repudiando sua fala a respeito da ideia de realizar uma sessão “só com homens” na Assembleia Legislativa em comemoração ao Dia da Família.

Para o dirigente da sigla, trata-se de “visão retrógrada e superada” a da parlamentar sobre o tema.

Em discurso na tribuna, Mical disse que Kassab nunca a recebeu, na condição de parlamentar mulher, para tratar de assuntos de interesse da legenda no Maranhão, ou de demandas políticas que, de acordo com ela, lhe interessariam.

Ela acrescentou que também não recebeu recursos do partido, via fundão, para as eleições de 2022. Na visão da deputada, uma espécie de discriminação contra uma candidata mulher.

A parlamentar pediu, então, que Kassab a expulse do partido.

Após êxito em Portugal, Janderson Landim volta a São Luís para atuar nas eleições de 2024

Após uma fase bem-sucedida em Portugal, o estrategista político Janderson Landim retorna ao Brasil trazendo consigo uma bagagem de vitórias eleitorais e experiências enriquecedoras.

Agora, liderando uma equipe internacional, ele busca implementar novas abordagens e táticas de marketing político em suas campanhas.

Com a promessa de revolucionar o cenário político atual, a equipe liderada por Janderson apresentará o “método Jakarta” em um evento exclusivo no hotel Luzeiros, em São Luís, na próxima quinta-feira, 25 de abril, às 19h30.

As vagas são limitadas, então garanta sua presença reservando seu lugar através deste link.

Deputados decidem hoje se Bolsonaro vira Cidadão Maranhense

A Assembleia Legislativa do Maranhão deve apreciar nesta terça-feira, 23, um projeto de lei de autoria do deputado estadual Yglésio Moyses (PRTB) que concede título de Cidadão Maranhense ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

A proposta seria apreciada na última quinta-feira, 18, mas houve adiamento na CCJ, em virtude de um pedido de vista do deputado Zé Inácio (PT).

Como a vista é de 24h e hoje ocorrerá a primeira sessão desde então, é provável que o assunto volte à pauta.

Vale lembrar que no dia do pedido de vista o plenário já havia rejeitado um requerimento, também de autoria de Yglésio, para concessão de Medalha do Mérito Legislativo à esposa do ex-presidente, a ex-primeira-dama MIchelle Bolsonaro (PL).

Ipec: 24% dos eleitores dizem ser de direita; 11% afirmam ser de esquerda

Gazeta do Povo

Uma pesquisa divulgada pelo Ipec mostra que 24% dos eleitores brasileiros afirmam ser de direita, enquanto 11% se identificam como de esquerda. O levantamento foi realizado no início de março e tem margem de erro de dois pontos percentuais (veja a metodologia completa abaixo).

De acordo com os resultados, 20% dizem ser de centro. Se considerarmos as duas porções da escala, 45% se posicionaram como eleitores mais à direita, enquanto 21% se colocaram mais à esquerda.

O Ipec ouviu 2 mil pessoas com 16 anos ou mais em 130 municípios brasileiros, entre os dias 1 e 5 de março de 2024. O nível de confiança do levantamento é de 95%. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Quando questionados em quem preferem votar, porém, 47% dos eleitores disseram que escolheriam outro candidato que não seja ligado nem ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nem ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL). Outros 27% escolheriam o candidato de Lula, enquanto 20% optariam pelo concorrente apoiado por Bolsonaro. Já 7% não souberam ou não responderam.

Na pergunta sobre o espectro político que se identificava, o instituto pediu que o eleitor escolhesse um número em uma escala que ia de 0 (esquerda) a 10 (direita). Os respondentes se distribuíram da seguinte forma:

  • (Esquerda) – 11%
  • 1 – 2%
  • 2 – 2%
  • 3 – 3%
  • 4 – 3%
  • 5 – 20%
  • 6 – 5%
  • 7 – 5%
  • 8 – 8%
  • 9 – 3%
  • 10 (Direita) – 24%
  • Não sabem o o que é ser de esquerda, de direita ou de centro – 4%
  • Não sabem ou não responderam – 9%

Corpo de Bombeiros controla incêndio no Pátio Norte Shopping

Um incêndio numa unidade do São Domingos localizada no Pátio Norte Shopping, em São José de Ribamar, assustou frequentadores do local, na noite desta segunda-feira, 22.

O fogo se originou de um curto-circuito num aparelho de ar condicionado, mas foi rapidamente controlado pelo Corpo de Bombeiros, com auxílio de brigadistas do próprio estabelecimento comercial.

Para evitar intoxicação, pessoas que ainda estavam no shopping foram orientadas a evacuar a área.