Juscelino Filho acompanha ministro em visita ao Socorrinho de ITZ

Coordenador da bancada do Maranhão no Congresso Nacional, o deputado federal Juscelino Filho (DEM-MA) acompanhou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e o prefeito de Imperatriz, Assis Ramos, em uma vistoria técnica na obra de reforma e ampliação do Hospital Municipal de Imperatriz Infantil (HMII), o “Socorrinho”, na tarde de quinta-feira (19). A obra está 92% concluída e é executada com recursos do Ministério da Saúde, adquiridos a partir de solicitação do deputado maranhense junto ao governo federal.

Em março deste ano, o Socorrinho sofreu um incêndio em decorrência de um curto-circuito. Com forte atuação na área da saúde, Juscelino Filho buscou os recursos necessários para a execução da obra, prevista para ser entregue em outubro. O Ministério da Saúde liberou R$ 1.273.078,23.

Durante a vistoria, o parlamentar maranhense agradeceu o apoio do ministro da Saúde para conseguir recuperar o HMII, importante hospital que atende a Região Tocantina.

“A obra de reforma do Socorrinho de Imperatriz está bem adiantada. Logo após o incêndio, conseguimos, junto ao ministro da Saúde, recursos para recuperar este importante hospital. Quando ele for reinaugurado, terá quase 80 leitos, UTI pediátrica, fará exames de imagem. Ou seja, será um hospital completo. Nós temos que agradecer essa ajuda. Só temos gratidão ao ministro Mandetta que nos atendeu tão bem e nos ajudou quando o procuramos”, afirmou Juscelino Filho.

O novo Socorrinho terá uma estrutura moderna e bem mais segura. A unidade de saúde contará, ainda, com uma Brigada de Combate a Incêndio, onde os funcionários do próprio hospital terão treinamento em caso de emergência e para instalação de extintores e hidrantes.


Mais emendas federais previstas para chegar em Pinheiro

A deputada estadual, Dra. Thaiza Hortegal (PP), e o prefeito de Pinheiro, Luciano Genésio (PP), estiveram em Brasília, onde se reuniram com o deputado federal André Fufuca (PP), que anunciou no encontro o destino de mais emendas parlamentares para beneficiar o município, recurso que será investido na área da Saúde.

“Eu quero agradecer ao deputado federal André Fufuca, que não está medindo esforços para ajudar a melhorar ainda mais a saúde de Pinheiro. O deputado conversou, também, com o ministro da Saúde, Luís Henrique Mandetta, que confirmou para novembro o envio dessas emendas. Fico grato pelo empenho e muito feliz pela nossa união em prol dos pinheirenses e da saúde municipal. A deputada Dra. Thaiza esteve conosco e está fazendo um excelente trabalho na Assembleia. Dessa forma, unidos, estamos trabalhando, dia e noite para o desenvolvimento da nossa cidade”, disse o prefeito Luciano Genésio.

Luciano Genésio e Thaiza Hortegal estiveram ainda no gabinete do deputado federal Márcio Jerry, tratando de demandas da Baixada Maranhense e do Baixo Parnaíba, onde o deputado teve uma expressiva votação nas últimas eleições.

Também reuniram com o federal Cleber Verde, para agradecer as emendas destinadas. Com Weverton Rocha, confirmaram a visita do senador em Pinheiro para a inauguração das primeiras obras do Programa Pró-Asfalto e Estradas Vicinais.

“Agradeço a todos pela ajuda que estão dando à população. É muito importante essa união, porque, juntos, nós estamos beneficiando milhares de maranhenses e vamos continuar trabalhando na Assembleia e na Câmara Federal, ao lado do prefeito Luciano, para garantir melhorias às regiões. Isso só é possível com muito diálogo e perseverança, características fortes do prefeito, muito querido pelos seus aliados”, disse a deputada Dra. Thaiza Hortegal.

Eliziane no Top 10 do ‘Prêmio Congresso em Foco’ entre senadores

A maranhense Eliziane Gama (Cidadania) foi um dos grandes destaques do ‘Prêmio Congresso em Foco” entre os senadores.

No primeiro ano, do seu primeiro mandato, ela já ficou no Top 10 da votação entre jornalistas especializados. Gama foi a melhor colocada do Maranhão.

Os senadores Weverton Rocha (PDT) e Roberto Rocha (PSDB) não aparecem nem no Top 30.

A pesquisa foi feita por meio de ferramenta eletrônica, com o envio de um link por e-mail ou celular àqueles que estavam aptos a votar. O sistema garante o anonimato dos votos.

Cada jornalista votou em até cinco senadores(as). Só puderam ser votados aqueles congressistas que não respondem a inquérito ou ação penal no Supremo Tribunal Federal ou que exerceram o mandato por pelo menos 60 dias no atual ano legislativo.

De acordo com o regulamento, não puderam participar da votação os jornalistas vinculados a empresas de lobby, assessoria de comunicação ou consultoria política, assim como os que exercem o cargo de assessor(a) de deputado(a) federal ou senador(a), de bancadas partidárias ou de partidos com assento no Congresso.

Assembleia Legislativa homenageia organizadores da Festa da Juçara

A Assembleia Legislativa do Maranhão realizou na quinta-feira (19), uma sessão solene em razão da 50ª edição da Festa da Juçara que ocorre anualmente no mês de outubro.

A proposta é do deputado estadual Wellington do Curso que resolveu homenagear todos aqueles que mantém viva uma das maiores festas culturais do estado.

De acordo com a organizadora da Festa da Juçara, Mayara Marques, ano passado a atividade gerou 300 empregos e vendeu 15 mil litros do líquido mais apreciado pelos maranhenses.

Para a edição de 2019, existe uma expectativa de superar a marca de mais de 10 mil visitantes, a qual foi atingida em 2018.

Os visitantes que vão até o Parque da Juçara podem degustar juçara com farinha, camarão e também assistir a programação musical.

A presidente da Associação dos amigos do Parque da Juçara, Mayara Marques, fala sobre a expectativa para o cinquentenário do evento: “Manteremos a tradição com muitas atrações locais, mas queremos dar uma cara nova e a organização das barracas também será diferente. Tenho me reunido semanalmente com os associados, com os barraqueiros e estamos programando intensa divulgação não só no estado, mas também fora”.

Uma homenagem especial foi feita a Maria de Jesus, conhecida como Dona Cotinha, que por anos conduziu a Festa da Juçara.

Estiveram presentes na cerimônia, o deputado estadual César Pires, o vereador Joãozinho Freitas, o secretário de Articulação Política de São Luís Nonato Chocolate, assim como diversas autoridades e representantes da cultura local, dentre elas do Boi de Maracanã.

Jerry é o melhor deputado do MA, diz Congresso em Foco; você concorda?

O vice-líder do PCdoB na Câmara, deputado federal Márcio Jerry, foi o deputado mais bem avaliado na votação popular do Prêmio Congresso em Foco 2019. Os nomes dos vencedores foram anunciados na noite de quinta-feira (19), durante cerimônia em Brasília (DF).

Aluisio Mendes (Podemos), Bira do Pindaré (PSB), Zé Carlos (PT) e Eduardo Braide (PMN) ficaram na segunda, terceira, quarta e quinta colocação, respectivamente.

A votação foi realizada entre os dias 1º e 31 de agosto deste ano, pela internet. Só puderam ser votados aqueles congressistas que não respondem a inquérito ou ação penal no Supremo Tribunal Federal (STF) ou que exerceram o mandato por pelo menos 60 dias no atual ano legislativo. Cada votante teve a chance de escolher até cinco senadores e até dez deputados federais que mais se destacaram.

Veja o Ranking e comente: você concorda?

  1. Márcio Jerry (PCdoB)
  2. Aluisio Mendes (PSC)
  3. Bira do Pindaré (PSB)
  4. Zé Carlos (PT)
  5. Eduardo Braide (Sem partido)

TJ nega habeas corpus a Zemar, acusado de estuprar menor de 3 anos

O desembargador Raimundo Melo, membro da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão, negou liminar em habeas corpus impetrado em favor de Ilzemar Oliveira Dutra, o Zemar, ex-prefeito de Santa Luzia. Ele foi preso no último dia 15 de setembro, acusado da prática do crime de estupro de vulnerável contra uma criança de 3 anos (reveja).

Em sua decisão, o magistrado registrou que não se vislumbra a assistência do bom direito em favor de Ilzemar Dutra. Isto porque, ao analisar a decisão que restringiu sua liberdade não se observa qualquer motivo – ilicitude ou ilegalidade – que justifique a revogação da prisão neste momento, por via liminar.

O desembargador registrou ainda que “somente a decisão judicial flagrantemente afrontosa aos preceitos constitucionais e legais, ou aquela absolutamente desprovida de fundamentação, enquadram-se em situação a fundamentar o pedido de soltura imediata”.

Por fim, o relator do habeas corpus registrou ainda que a questão da concessão da liminar confunde-se muito com o mérito, e, em nome do princípio da Colegialidade, o pedido deve ser submetida à análise do órgão colegiado – 1ª Câmara Criminal –, oportunidade na qual poderá ser feito exame aprofundado das alegações defensivas após manifestação da Procuradoria Geral de Justiça. Não há prazo para julgamento do habeas corpus.

Vítima de fake news, Braide dispara: ‘o desespero começou’

O deputado federal Eduardo Braide (sem partido) usou as redes sociais ontem (19) para denunciar fake news disseminada contra ele nos últimos dias.

O parlamentar acredita que o caso tem relação com as eleições de 2020, já que ele lidera a corrida pela Prefeitura de São Luís.

“Votei contra as alterações nas regras partidárias e no fundo eleitoral! Já soube que tem adversário espalhando o contrário. O desespero já começou… 🤦🏻‍♂️”, postou o deputado, após a disseminação do boato de que ele teria votado a favor do projeto que afrouxa lei eleitoral.

Na verdade, quem apoiou o projeto foram partidos como PT e PCdoB (saiba mais). Braide foi o único deputado do Maranhão a votar contra (veja).

TRE-MA condena e declara Francisco Nagib inelegível

O prefeito de Codó, Francisco Nagib (PDT), foi condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) por compra de votos e abuso de poder econômico, e declarado inelegível pelo período de oito anos.

A decisão, unânime, se não revertida no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), tem poder de tirar o pedetista das eleições de 2020, quando ele, em tese, teria direito de tentar a reeleição.

A condenação decorre de um caso flagrado no pleito de 2012.

Naquele ano, ainda no antigo PR, Nagib era vice-prefeito da cidade, mas rompera com o então prefeito, Zito Rolim – hoje seu colega de partido -, para lançar-se candidato. Ele acabou ficando apenas em terceiro lugar na disputa, com 7,5 mil votos, contra 23 mil de Zito, que se reelegeu, e, ainda, 19,5 mil de Biné Figueiredo (PDT).

Francisco Nagibm, entretanto, foi denunciado pela coligação do “Codó no Rumo Certo”, de Zito Rolim (PDT), por compra de votos e abuso de poder econômico depois de o seu pai, o empresário Francisco Carlos de Oliveira, prometer pagar um 14º salários a empregados da FC Oliveira.

Nagib e seu então candidato a vice, José Francisco Neres, foram condenados em primeiro grau – com cassação de registro de candidatura e declaração de inelegibilidade. Eles recorreram ao TRE, que manteve, por 7 votos a 0, a decisão inicial.

Comissão especial da Câmara debate reforma tributária em São Luís

De O Estado

A Comissão Especial da Reforma Tributária da Câmara dos Deputados realizará, hoje, um Seminário Regional sobre a PEC da Reforma Tributária (PEC 45/2019), em São Luís. O seminário, que ocorrerá a partir de 8h no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), é fruto de um requerimento de autoria do deputado federal Eduardo Braide (sem partido).

Além dele, estão confirmados no evento o presidente e o relator da Comissão Especial, respectivamente, os deputados federais Hildo Rocha (MDB) e Agnaldo Ribeiro (PP-PB).

“Estou muito feliz por iniciar essa discussão por São Luís. O Maranhão está inserido no debate nacional sobre um tema importante e que afeta a vida de todos. E como membro da comissão especial da Reforma Tributária, não posso deixar de ouvir os maranhenses que conhecem mais do que ninguém o peso da carga tributária em suas vidas”, afirmou o parlamentar.

Braide ressalta que o seminário é fundamental para aperfeiçoar a proposta que tramita na Câmara dos Deputados. “Ninguém aguenta mais pagar tanto imposto. Precisamos construir um sistema tributário justo. E pelo dia a dia, os maranhenses têm condições de aperfeiçoar a PEC da reforma tributária, com mais transparência e reduzindo o número de impostos cobrados no país, promovendo efetivamente a geração de empregos”, destacou Braide.

Trabalhos

A comissão especial da reforma foi instalada em julho para debater a PEC que simplifica a tributação no País. De autoria do deputado Baleia Rossi (MDB-SP), a proposta acaba com três tributos federais – IPI, PIS e Cofins. Extingue também o ICMS, que é estadual, e o ISS, municipal. Todos eles incidem sobre o consumo. No lugar, é criado o Imposto sobre Operações com Bens e Serviços (IBS), de competência de municípios, estados e União, além de um outro imposto, sobre bens e serviços específicos, esse de competência apenas federal.

O deputado Hildo Rocha tem afirmado que vai garantir a participação de todos os integrantes da comissão para produzir um texto de consenso e que atenda às necessidades da população. Segundo ele, os trabalhos no colegiado devem durar até outubro.

“Nosso sistema está ultrapassado, a Constituição não alterou e já passou da vez de se modificar, o sistema é injusto, no que se refere à cobrança de tributos, sobretudo, em relação ao consumo”, explicou

O relator, deputado Aguinaldo Ribeiro, que também estará hoje em São Luís, anunciou a criação de subcomissões com objetivo de produzir um relatório que represente a maioria dos interesses dos integrantes da comissão. Ribeiro disse que quer fazer um trabalho semelhante ao do relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP).

“Vamos trabalhar para resgatar o investimento no País e a recuperação de emprego e renda no Brasil. Vamos conciliar isso a um calendário rápido para que neste ano tenhamos a reforma aprovada no Plenário da Casa”, disse.

Relator, Roberto Rocha ministrará palestra em São Paulo

Relator da proposta de reforma tributária em tramitação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Roberto Rocha (PSDB) ministrará palestra hoje, em São Paulo, para os principais representantes presidentes/CEOs das empresas associadas do Instituto de Desenvolvimento do Varejo (IDV). O IDV atualmente é composto por 69 empresas de diferentes setores do comércio varejista brasileiro, como vestuário, farmácia, eletroeletrônico, alimentação, perfume, entre outros.

A palestra terá como tema o momento atual do Brasil, com enfoque na Reforma Tributária. O encontro será realizado das 13h às 14h30, no Hotel Renaissance- São Paulo.

Na última quarta-feira, 18, ele apresentou seu parecer com a substituição de nove impostos por dois, chamados de Imposto sobre Operações com Bens e Serviços (IBS). O relatório do congressista maranhense cria uma espécie a chamada de Zona de Processamento de Exportações do Maranhão (Zema) em São Luís, em virtude da presença do Porto do Itaqui na ilha (saiba mais).

Um segundo ponto acrescentado no relatório garante ao Maranhão acesso a recursos destinados à Amazônia. A justificativa do relator é que a região oeste do Estado, mesmo estando no território nordestino, integra a Amazônia Legal para fins de preservação florestal.

Outra proposta é a destinação de recursos arrecadados com a base de Alcântara para o Maranhão. O relator prevê assegurar na Constituição a participação do Estado nas receitas do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA). O relatório também dá aval ao repasse de recursos para a região localizada na junção de quatro Estados (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), chamada de Matopiba.

Reforma da Previdência e Assembleia em Ação em destaque no ‘Diálogo com Othelino’

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) paralela da Reforma da Previdência e o sucesso do início do Assembleia em Ação foram destaques da 7ª edição do podcast “Diálogo com Othelino”.

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto (PCdoB), contou que esteve em Brasília, onde reafirmou o posicionamento do Colegiado do ParlaNordeste em relação à Previdência. Segundo Othelino, os presidentes nordestinos não assinaram o documento em apoio à PEC paralela, proposto pela senadora Simone Tebet (MDB-MS), presidente da Comissão de Constituição e Justiça.
“De forma organizada, decidimos que não assinaríamos, porque se nós temos críticas ao texto principal da reforma, seria contraditório assinar a PEC paralela”, justificou o deputado.

Na Câmara Alta, o colegiado também reuniu-se com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), o senador Weverton Rocha e presidente de Assembleias de todo o Brasil.

Assembleia em Ação

O “Assembleia em Ação” também foi tema do podcast. Othelino destacou o sucesso da primeira edição, realizada na cidade de Balsas, que contou com a presença de vários parlamentares e mobilizou a participação de prefeitos, vereadores e lideranças da região sul do Maranhão.

O programa itinerante Alema, criado por meio de Resolução Legislativa, que tem o objetivo de levar a atuação parlamentar aos quatro cantos do estado.

“Foi um momento, realmente, enriquecedor, onde não só eu, mas os outros dez deputados presentes, tivemos a oportunidade de falar para a população e ouvir suas demandas, não só olho no olho, mas também por meio dos veículos de comunicação local”, enfatizou o presidente.

Em seguida, Othelino Neto anunciou que o a próxima cidade maranhense que receberá o Assembleia em Ação. “Iremos a Timon. Vai ser também, certamente, muito bom. Nós vamos poder conviver e ouvir mais aquela região leste do Estado”, disse.

“Depois de Timon, iremos seguir para os maiores municípios do Estado do Maranhão e vamos para os de porte-médio. Sempre envolvendo os municípios em um todo. Assim, a Assembleia vai estar mais próxima permanentemente dos cidadãos”, completou.

O programa pode ser ouvido a qualquer hora e lugar – no computador, smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Para ouvir, é necessário baixar o aplicativo Spotify ou o Soundcloud. Depois, basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. O programa também estará disponível nas redes sociais do presidente (Youtube, Instagram, Facebook e Twitter).