Uber exclui motoristas por cancelamento constante de corridas

Globo.com

A Associação dos Motoristas de Aplicativos de São Paulo (Amasp) acusa a Uber de excluir, em todo o país, mais de 15 mil motoristas de aplicativo da plataforma por excesso de cancelamentos. Seria o equivalente a 1% de toda a base de motoristas do país, segundo a associação. A empresa nega a quantia e fala em 1,6 mil.

Como mostrou o g1 em julho, os condutores passaram a selecionar corridas em virtude do aumento do preço dos combustíveis. Do gasto diário de um motorista, a gasolina representa entre 40% e 50% e segundo o resultado do IPCA-15, divulgado nesta sexta-feira (24), o combustível acumula alta de 39,05% nos últimos 12 meses.

A Amasp diz que, entre efeitos da pandemia e, agora, da alta de combustíveis, cerca de 25% da frota paulistana de motoristas desistiu de trabalhar no segmento — nacionalmente, não há um levantamento. A oferta menor de motoristas aumentou o tempo de espera para passageiros.

“Foi uma exclusão sumária, o que deixou os motoristas em situação complicada. Nos termos de uso da plataforma, não há proibição à prática do cancelamento”, diz Eduardo Lima de Souza, presidente da Amasp.

Souza diz ainda que foi procurado por quase 1 mil motoristas retirados da plataforma.

‘Desativada permanentemente’

O g1 conversou com três motoristas de aplicativo que foram excluídos da plataforma. Todos admitem os cancelamentos, mas dizem que os números apresentados pela plataforma não correspondem à quantia de viagens canceladas e que não foram avisados da possibilidade de exclusão.

Ao retirar um motorista da plataforma, a Uber envia uma mensagem dentro da plataforma e restringe o acesso para novas corridas. Alegando violação do Código da Comunidade Uber, a conta é “desativada permanentemente”.

“Na Uber, o cancelamento de viagens é um direito tanto do motorista quanto do usuário. Porém, o abuso desse recurso configura mau uso da plataforma, pois prejudica intencionalmente o seu funcionamento”, diz a nota enviada aos motoristas.

Com mais de 80% de aprovação, Fernando Pessoa é aplaudido em Tuntum

Blog do Pedro Jorge

O prefeito Fernando Pessoa foi muito aplaudido na manhã desta sexta-feira (24), durante evento do Governo do Estado em Tuntum.

Ao lado do governador Flávio Dino, o prefeito Fernando Pessoa falou das condições que recebeu Prefeitura de Tuntum, com a energia do prédio da sede administrativa cortada por falta de pagamentos e sem condições de funcionamento.

Fernando falou ainda dos UBS sem condições de atender a população, as escolas municipais em péssimo estado, e que em nove meses ele já recuperou tudo.

Durante seu discurso o prefeito foi sempre muito aplaudido pelo povo que estava presente. Hoje a popularidade de Fernando Pessoa é algo fora do normal, com mais de 80% de aprovação

Em 2021, estados arrecadam mais ICMS que em 2019, sem pandemia

Apesar dos impactos na economia, “de janeiro a agosto de 2021, o recolhimento do ICMS no agregado dos Estados aumentou 29,7% em relação a 2020 e 27% a 2019”, quando não havia pandemia.

A informação é do Valor Econômico.

No caso do Maranhão, um dos grandes responsáveis pela alta arrecadação desse imposto é o aumento do preço dos combustíveis (saiba mais), que representa 35% de todo o ICMS recolhido no estado (entenda).

400 mil já entraram na extrema pobreza no MA no governo Dino

FOTO: CELSO JUNIOR/AE

A ex-governadora Roseana Sarney (MDB) apresentou ontem, 24, em sua conta no Twitter, um dado preocupante (e ao mesmo tempo revelador) sobre a gestão Flávio Dino (PSB).

Usando dados do IBGE, a emedebista apontou que 400 mil maranhenses entraram na extrema pobreza nos primeiros cinco anos da gestão do socialista, entre 2015 e 2019.

“Dados do IBGE revelam que a população na faixa de extrema pobreza no MA, nos últimos 5 anos (2015 a 2019), aumentou em 400 mil pessoas, como mostra a tabela abaixo”, mostrou ela.

Mas, se perguntarem a Dino, ele dirá que é culpa dos Sarney (ou de Bolsonaro)…

Yglésio quer dados sobre estado de ônibus em circulação em SLZ

Os dois casos de incêndio em ônibus na capital, ocorridos nos últimos dias, repercutiram na Assembleia Legislativa. O deputado estadual Yglésio Moyses (PROS), em face disso, nesta sexta-feira (24), solicitou à Prefeitura de São Luís e à Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes – SMTT a fixação de adesivos na frente externa dos veículos, informando a data da última revisão.

O deputado disse que a solicitação visa garantir mais segurança às pessoas, informando a todos sobre a atual situação dos coletivos que estão sendo utilizados.

“A nossa indicação tem o objetivo de garantir mais segurança aos usuários do transporte público de São Luís e região metropolitana, em face dos dois últimos casos que, felizmente, não tiveram vítimas, além do cenário em que a frota tem sido renovada com pouquíssima velocidade. A população, além de pagar uma tarifa cara, ainda é obrigada a pegar ônibus antigos e mal estruturados. Infelizmente, há casos de empresas que ainda conseguiram, na justiça, fazer circular ônibus com mais de 10 anos”, afirmou.

_______________Leia mais
SMTT diz que empresas devem fazer recall de ônibus em SLZ

Se acatada, a medida do deputado, fazendo com que as empresas tenham que dar esse tipo de informação, deve contribuir para a atuação dos órgãos de fiscalização e controle.

Uma fatia considerável da frota em circulação ainda é composta por ônibus antigos, alguns com mais de dez anos de fabricação e uso, estando mais propensos a apresentar problemas que ofereçam riscos à vida das pessoas. Os veículos destruídos pelas chamas, em SL, inclusive, faziam parte dessa frota.

Detran-MA lança curso on-line para mototaxistas e motofretistas

Na data em que se comemora o Dia do Mototaxista, 24 de setembro, o diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), Francisco Nagib, lançou, oficialmente, curso on-line de capacitação obrigatória para motociclistas que queiram exercer a profissão de mototaxistas e motofrentistas. A iniciativa faz parte do programa “Detran-MA com o Povo, Construindo um Caminho Novo”, que, entre outras ações, promove curso de capacitação para mototaxistas e tem incrementado a atuação do órgão no interior do estado.

O curso de Mototaxista e Motofretista tem a duração de 30 horas, e oferece certificação junto ao Registro de Nacional de Carteiras de Habilitação. As inscrições estarão abertas no período de 27 de setembro a 3 de outubro, no site www.detran.ma.gov.br. Um dos critérios para participar é ter pelo menos dois anos de habilitação na categoria “A” . Ao final do curso, além do certificado de conclusão, o motociclista receberá um capacete e um colete de segurança.

O lançamento foi realizado no Datacenter da sede do Detran-MA, em São Luís. O diretor-geral do Detran-MA, Francisco Nagib, apresentou a plataforma que será utilizada para ministrar as aulas, que poderão ser acessadas pela internet. Com essa inovação, os interessados terão a oportunidade de realizar a sua profissionalização com maior comodidade e agilidade, podendo assistir às aulas no local e horário que lhes for mais conveniente, utilizando celular, tablet, notebook, ou computador.

O evento de lançamento foi feito com a presença da presidente da Federação dos Sindicatos de Mototaxistas e Motofrentista do Maranhão (FESSIMOTO), Juciane Marques; do presidente do Sindicato das Autoescolas do Maranhão (SINDAUMA), Jeferson Campos; o diretor do Consórcio de Municípios do Leste Maranhense ( Conleste), Getúlio Lisboa; da vice-presidente da Federação Nacional dos Despachantes do Brasil (FENADESB), Valdimeire Xavier; do presidente do Sindicato Estadual dos Despachantes do Maranhão (SINDESMA), Antônio Carlos Martins; e do professor Fábio Fernandes, do Centro Especializado em Trânsito e Transporte (CETT), empresa credenciada responsável pela aplicação dos cursos.

Também estavam presentes o diretores Operacional do Detran-MA, David Ximenes; o chefe da Coordenadoria de Informática do Detran-MA, Jorge Henrique Oliveira; e a coordenadora de Educação para o Trânsito do Detran-MA, Rositânia de Farias.

Durante o ato de lançamento, Francisco Nagib, destacou que o grande objetivo desse curso é oferecer mais segurança para quem consegue o seu sustento através da atividade de mototaxista e motofretista. “Hoje [24 de setembro], nós estamos celebrando o Dia do Mototaxista aqui no Detran com representantes de várias entidades que envolvem essa categoria, lançando esse curso certificado pela Senatran, pois nós entendemos que, através da capacitação qualificada desses profissionais, contribuiremos para a segurança dos mototaxistas e motofrentistas”, afirmou.

O curso on-line de Mototaxista e Motofrentista oferecido pelo Detran-MA é inteiramente gratuito, e as inscrições podem ser feitas, gratuitamente, a partir de segunda-feira, 27 de setembro, no site do www.detran.ma.gov.br. O prazo de inscrições encerra-se no dia 3 de outubro próximo, e as aulas práticas serão realizadas presencialmente nos municípios a serem informados pelo Dertran-MA.

Brandão é recebido com festa por indígenas em Grajaú

O vice-governador Carlos Brandão (PSDB) foi recebido com muita festa e homenagens por indígenas da etnia guajajaras ontem (23) ao visitar em Grajaú uma escola numa aldeia em Morro Branco.

A calorosa recepção com direito a música típica, cocar, maracá e muitos colares típicos do artesanato indígena, foi uma demonstração de gratidão não só pelos benefícios que o vice-governador levou na sua viagem, incluindo melhoramento das estradas vicinais de acesso às aldeias e reforma da escola, como pelo histórico de trabalho prestado à etnia ao longo da sua vida pública.

“Essa visita vai ficar na história e na lembrança dos povos indígenas. Foi um momento muito importante porque nosso governador – pra mim ele já é nosso governador – tem uma amizade de longas dadas e uma relação de ajuda importantíssima para os indígenas”, destacou o líder guajajara Telmiston Pereira, que relacionou alguns desses serviços prestados por Brandão.

Segundo ele, o vice-governador contribuiu com o desenvolvimento da agricultura família, fato que fez com que muitos indígenas não padecessem de fome em um dos períodos mais difíceis para a região.

“E agora, mais uma vez ele está aqui alegrando a todos nós e, claro, não poderíamos deixar de recepciona-lo de outra forma”, completou.

Eduardo Bolsonaro testa positivo para Covid-19

O Globo

O deputado federal Eduardo Bolsonaro confirmou nesta sexta-feira que também foi diagnosticado com Covid-19. O filho do presidente Jair Bolsonaro também estava na comitiva do governo federal para Nova York, onde o presidente discursou na Assembleia-Geral da ONU.

A informação foi revelada pelo “R7” e confirmada pelo GLOBO com integrantes que estiveram com o governo em Nova York. Eduardo Bolsonaro é o terceiro integrante da comitiva a receber o teste positivo para Covid-19. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, foi o segundo. O primeiro contaminado da comitiva foi um diplomata lotado no Palácio do Planalto que chegou antes do grupo a Nova York.

Em suas redes sociais, o deputado federal e filho de Bolsonaro aproveitou o resultado positivo para criticar a proposta do passaporte sanitário, que exigiria a comprovação de vacinação para a realização de algumas atividades. No entanto, em inúmeros momentos da viagem, tanto Eduardo como o resto da comitiva não cumpriram os protocolos sanitários adequados. O filho do presidente, assim como Queiroga, foram fotografados sem máscara e estiveram em aglomerações. Na quarta-feira, Eduardo postou no Instagram uma visita a sede da rede social Gettr, e em nenhuma foto usava máscara.

‘Laranjas’: juíza cassa chapa de vereadores de Miranda do Norte

Foto: Instagram/mirandanewsoficial

A juíza Jaqueline Rodrigues da Cunha, determinou nesta semana, a cassação de toda a chapa de vereadores eleita PL em Miranda do Norte.

A decisão saiu após ação de investigação judicial eleitoral apontar que o partido usou candidaturas femininas fictícias (ou “laranjas”) apenas para atingir o coeficiente exigido pela Justiça Eleitoral.

“O partido político em análise não regularizou o percentual de quota de gênero após o indeferimento da candidatura de Allana Maria Castelo Branco Abreu Belfort no prazo exigido pela legislação mesmo após a renúncia de outro candidato do sexo masculino. Conforme alega, considerando o indeferimento da candidata Allana Belfort e a renúncia do candidato Antonio da Conceição Sanches, o percentual mínimo de gênero permaneceria em 27,27%, inferior aos 30% exigidos pela Resolução. Além do exposto, alega que a legenda lançou candidatura feminina de Solange Dutra Ferreira com o fito único de garantir o quantitativo mínimo de mulheres e avalizar a presença de candidatos do sexo masculino, sem que pretendessem, efetivamente, participar da contenda eleitoral, tudo com a conivência da presidente da agremiação”, destacou a magistrada na sentença.

Segundo ela, com a cassação da chapa, deve ser realizado novo cálculo do quociente eleitoral “a fim de se reajustar a distribuição das vagas na Câmara de Vereadores de Miranda do Norte/MA, considerando os votos válidos remanescentes, excluídos os que foram declarados nulos em razão da fraude à cota de gênero”.

Da decisão ainda cabe recurso.

Outros casos

Recentemente, outros casos de candidaturas femininas “laranjas”foram denunciados no Maranhão.

Em Paço do Lumiar, a promotora de Justiça Nadja Veloso Cerqueira, da 4ª Promotoria de Justiça de Paço do Lumiar, encaminhou à Justiça Eleitoral, em julho deste ano, pedido para que uma notícia de fato sobre a existência de candidaturas femininas fictícias para o cargo de vereador, nas eleições de 2020 na cidade, seja juntada a ações eleitorais protocoladas à época do pleito e sejam encaminhadas à Polícia Federal para abertura de inquérito criminal (leia mais).

Em Caxias, o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) decidiu, por unanimidade, admitir recursos protocolado pelas advogadas Anna Graziella Neiva e Nayra Quaresma, e determinou que o juiz Paulo Afonso Vieira Gomes, da 4ª Zona Eleitoral, de Caxias, instrua os processos em que se denunciaram candidaturas femininas laranjas de PL, PT, PCdoB, PSDB e Podemos nas eleições de 2020 na cidade (saiba mais)

Em Timon, o procurador regional eleitoral do Maranhão, Juraci Guimarães Júnior, pediu a cassação da chapa completa de candidatos a vereador que concorreu nas últimas eleições do ano passado pelo Republicanos (relembre).