Paulo Ramos: prefeito negligencia atendimento a filha de adversário

O pai da pequena Ana Vitória, Leonardo Rodrigues, de Paulo Ramos, luta desde o início do ano para conseguir atendimento médico adequado para a filha, que sofre de paralisia cerebral.

Por meio de uma campanha na internet ele tem tentado sensibilizar o poder público municipal para a gravidade do problemas da criança, de apenas sete anos.

Até agora, no entanto, a luta tem sido em vão.

E pelo mais cruel dos motivos: política.

Isso mesmo!

Prefeito Deusimar da Silva

Leonardo Rodrigues é adversário político do atual prefeito de Paulo Ramos, Deusimar da Silva (PCdoB).

Sem condições de garantir tratamento para a filha, ele precisa da assistência do Município. Mas não consegue porque não votou no comunista.

“Saiba que política é de 2 em 2 anos”, escreveu ele, num desabafo em rede social no início do mês.

Depois de uma intensa campanha, ele chegou a conseguir uma ambulância para trazer a garota a São Luís. Mas, sem regulação por parte da Secretaria de Saúde de Paulo Ramos, não conseguiu leito na capital.

“Chegaram a capital por volta das 11 horas da noite e lá foi informado que não funcionava desse jeito que tem algo chamado REGULAÇAO ATRAVÉS DA CENTRAL DE LEITO que deve ser visto se tem como receber a criança. Pois minha esposa ficou até a madrugada a espera de resposta, aguardando uma ligação do Secretário de Saúde que iria ver o q ia fazer, sendo q eles deveriam ter feito isso era antes da criança sair de Paulo Ramos. Já me veio na mente que as pessoas da saúde de nosso municípios estão querendo é se livrar do problema”, reclamou Rodrigues.

Uma crueldade!

Abaixo, mais um dos tantos relatos de desespero do pai da Ana Vitória.


2 ideias sobre “Paulo Ramos: prefeito negligencia atendimento a filha de adversário

  1. Obrigado por ter falado um pouco da perseguição que venho enfrentando.
    Essa negligencia por parte da secretaria de saúde vem acontecendo desde o início do ano meu amigo, desde os primeiros dias de janeiro estamos correndo atrás na secretaria de saúde para minha filha continuar o tratamento dela que já vinha fazendo a mais de 2 anos no hospital APAE em São Luís.
    Mesmo com todas as pastagens que fiz no Facebook ha 20 días a secretaria de saúde até o momento não fez nada!
    Uma ressonância q a médica da minha filha passou desde janeiro até agora eles não conseguiram marcar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *