VÍDEO! Ponte Central-Bequimão segue no chão; Sinfra pagou R$ 16 mi

VLT da Baixada: muita propaganda; quase nada de obra

Imagens feitas no dia 12 de julho mostram que praticamente um mês depois de ter organizado uma caravana com caminhões cheios de ferro pelo Maranhão – no que ficou conhecido como “VLT da Baixada” (reveja) – o governo não conseguiu dar qualquer novo andamento à obra de construção de uma ponte sobre o Rio Pericumã, ligando os municípios de Central e Bequimão.

O canteiro de obras segue montado, com máquinas e com a estruturas que cruzaram o estado em desfile, mas sem nenhum operário ou sinal de avanço dos trabalhos.

“Chegamos aqui e não tinha ninguém. Não tinha vigia, ninguém trabalhando”, afirma Melquisedeque Allmeida, autor do vídeo.

Veja:

Obra milionária

Sob responsabilidade do Consórcio Epeng/FN Sondagens, a construção custou, segundo contrato assinado pela Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra), R$ 68.342.637,42.

Desse total, foram pagos R$ 16 milhões. Mas a obra ainda está na fase de fundações.


20 ideias sobre “VÍDEO! Ponte Central-Bequimão segue no chão; Sinfra pagou R$ 16 mi

  1. Tudo nesse governo é uma embromação. A povo do MA está cheio de ver tanto farol de Flávio Dino e de seus “competentes secretários”. Há muita embromação, muitos gastos desnecessários com publicidade associados a muitos desperdícios com o dinheiro público em quase todas as pastas. Tenho compaixão dessa gente que por um emprego de secretário adjunto e até de secretário de Estado, aceitou ser Ordenador de Despesa desse governo destrambelhado. Em breve todos poderão estar encalacrados pro resto de suas vidas com a CGU, TCU, MPF/MA, Justiça Federal e até mesmo com o TCE/MA, MPE e a Justiça Estadual. Vejam o que a necessidade de um emprego não faz. Parece que lesões ao Erário por ação, omissão e não-eficiência é o que não faltam.

    Falam à boca pequena no próprio Governo que com a eleição perdida em outubro, pois essa é a tendência, vai ser um briga fratricida entre os comunas graduados, um salve-se quem puder….

  2. Tudo nesse governo é uma embromação. O povo do MA está cheio de ver tanto farol de Flávio Dino e de seus “competentes secretários”. Há muita embromação, muitos gastos desnecessários com publicidade associados a muitos desperdícios com o dinheiro público em quase todas as pastas. Tenho compaixão dessa gente que por um emprego de secretário adjunto, fiscal de obras e até de secretário de Estado, aceitou ser Ordenador de Despesa desse governo destrambelhado. Em breve todos poderão estar encalacrados pro resto de suas vidas com a CGU, TCU, MPF/MA, Justiça Federal e até mesmo com o TCE/MA, MPE e a Justiça Estadual. Vejam o que a necessidade de um emprego não faz. Parece que lesões ao Erário por ação, omissão e não-eficiência é o que não faltam.

    Falam à boca pequena no próprio Governo que com a eleição perdida em outubro, pois essa é a tendência, vai ser um briga fratricida com acusações entre os comunas graduados, um salve-se quem puder….

    *Favor apagar o comentário anterior por correções.

    • Isso mesmo, perdida a eleição vai ser briga igual ao final do governo de Jackson Lago, todo mundo se locupletando e fazendo acusações mútuas. O pior é que não haverá progresso no Maranhão ao final dos quatro anos do governo da mudança. Só lorotas pra tentar persuadir a fraca militância.

  3. Clayton Noleto falando em vigas , não sabe de que se trata. Era um vendedor de planos de saúde , em Imperatriz . Essa a qualidade dos secretários de Flávio Dino. Pode isso? Para esse asqueroso tudo pode!!

  4. Certamente vão ser questionados por muitos anos e pagar advogados e contador para livra-los de processos no TCE e MP. Tenho até pena desses ordenadores de despesa e presidente de comissão de licitação. Kkkkkkkkk

  5. O POVO DE CEDRAL MIRINZAL CURURUPU SERRANO DO MARANHÃO BACURI APIÇUM AÇU SABE QUE ESSA PONTE NÃO VAI SAI TÃO CEDO ISSO É SO PROPAGANDA DESSE COMUNA MENTIROSO

  6. AS CRÍTICAS QUE A OPOSIÇÃO FAZ AOS ATOS DO GOVERNO ATUAL DO MARANHÃO É IGUAL AO QUE A OPOSIÇÃO FAZ AO GOVERNO TEMER, TUDO SÓ PRESTAVA QUANDO ERA O GOVERNO DE TRÊS FAMÍLIAS ERA QUE FAZIA E NO GOVERNO FEDERAL NADA PRESTA SÓ PRESSTAVA QUANDO ERA LULA E DILMA QUE FAZIAM – ACONTECE QUE ESTA CANTILHENA NÃO COLA MAIS E A HISTÓRIA DO GOVERNO GOLPISTA – TAMBEM JÁ NÃO ENGANA MAIS NINGUEM E O BONDE PASSOU E A HISTÓRIA ESTÁ MOSTRANDO QUE AGORA O POVO NÃO É MAIS BESTA, CHEGA DE ROUBALHEIRA E ENGANAÇÃO O POVO AGORA TEM INTERNET EM KSA E SABE QUEM É O ENGANADOR E MÁGICO NO SUMIÇO DO DINHEIRO POPULAR.

  7. Isso mesmo, perdida a eleição vai ser briga igual ao final do governo de Jackson Lago, todo mundo se locupletando e fazendo acusações mútuas. O pior é que não haverá progresso no Maranhão ao final dos quatro anos do governo da mudança. Só lorotas pra tentar persuadir a fraca militância.

  8. Pagaram R$ 16.000.000,00 sem o serviço correspondente está executado, somente com as instalações provisórias da obra e com presença dos materiais na obra (vigas metálicas sem efetivas montagens)? Então isso é crime, pois a Lei 8666/1993 não permite se pagar serviços somente com o material na obra. Está parecendo o Caso Costa Rodrigues, onde o pré-candidato a senador de Flávio Dino, Weverton Rocha, então secretário da Sedel de Jackson, pagou a empresa Marisia Engenharia do Leonardo Arcoverde, a bagatela de R$ 5.000.000,00 a título de adiantamento, e quando foi chamado aos “trinques” tentou se justificar sem documento idôneo algum, dizendo que o construtor amigo lhe teria dado “garantias”? Vai ver a construção da folclórica ponte, recebeu também “adiantamentos” pra comprarem as tais vigas metálicas e a Sinfra com o “cuzinho” trancadinho fez tanta questão de propagandear estranhamente as suas chegadas. Não sei não!!

  9. Pingback: "VLT da Baixada" é questionado na Justiça Eleitoral - Gilberto Léda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *