O desespero do SINPROESEMMA

Lastimável. É o único adjetivo para a atitude do SINPROESEMMA de invadir as escolas Paulo VI e Cidade Operaria I e II, tentando impedir que os alunos assistissem
às aulas.

O sindicato não aceita o fato de que a maioria dos professores já não dá mais sustentação à greve e começa a partir para o desespero.

Em discurso na Assembléia, na manhã desta quarta-feira (13), o deputado Roberto Costa (PMDB) foi duro.

“Isso é um crime. Não podemos aceitar essa forma radical de se fazer greve”, disse o deputado.

Ele também criticou a mudança de discurso dos que ainda permanecem parados – que agora afirmam que só voltarão às salas de aula se o governo implantar o novo piso salarial de R$ 1.187,00 – e levantou uma questão polêmica.

“Se o Maranhão for prejudicado com o corte de 25mil famílias cadastradas no bolsa família a culpa será do Sindicato dos Professores”, afirmou.

Essa foi a segunda tentativa de baderna dos grevistas. Na segunda-feira (11)  eles tentaram fazer o mesmo durante o reinício das aulas no Liceu Maranhense, mas foram reprimidos pelos próprios estudantes.


0 pensou em “O desespero do SINPROESEMMA

      • A Lei do Piso já foi sancionada pelo presidente Lula, em 2008. Dois pontos apenas ainda estava pendentes (suspensos) através de liminar concedida pelo STF por conta de cinco estados que entraram com Ação Direta de Inconstitucionalidade, o que não foi aceita recentemente por esse tribunal (ou seja, a Lei é constitucional e vale desde a data que foi sancionada).
        Conforme a lei o piso, para as carreiras iniciais de professores de nível médio (não confundir com professor do Ensino Médio) o atual vencimento (e não a remuneração) é de aproximadamente 1.187,00 para uma carga horária de até 40 horas semanais. Não sendo permitido acrescentar gratificações para alcançar esse valor mínimo.
        O que ainda está para ser votada é a questão da jornada em sala de aula, que segundo a lei é de 2/3 da carga horária, sendo o outro terço reservado para planejamento e atualização profissional.
        Espero ter contribuído.

  1. GILBERTO, O QUEREMOS É MITO SIMPLES…..QUEREMOS A IMPLANTAÇÃO DO ESTATUTO QUE HÁ DEZ ALUNOS LUTAMOS POR ISTO……TODA CATEGORIA TEM OS SEUS SALÁRIOS CORRIGIDOS COM BASE NA INFLAÇÃO DO ANO ANTERIOR….2009 NÃO TIVEMOS, 2010 NÃO TIVEMOS E PELO JEITO 2011 NÃO VAMOS TER. O QUE HÁ DE IMORAL EM LUTAR POR ISTO? TENHO MESTRADO E SOU PROFESSOR DA REDE DESDE 2002 E NUNCA RECEBI NENHUM CENTAVO PELA MINHA PÓS ( DEVERIA SER 15% ), ESTOU NO NÍVEL 19 E DEVERIA SER NÍVEL 21 E MAIS UMA VEZ NUNCA RECEBI NENHUM CENTAVO POR ISTO. SOU PROFESSOR, ME OLRGULHO DISTO E PRINCIPALMENTE SOU REFERÊNCIA PARA OS MEUS FILHOS. POR ISTO ESTOU NA GREVE POR MEUS DIREITOS CONTRA UM GOVERNO QUE NUNCA INVESTIU E NUNCA INVESTIRÁ EM EDUCAÇÃO. ESCOLAS FUNCIONANDO EM GARAGENS, GALPÕES E ATÉ CASAS ALUGADAS NO INTERIOR DO ESTADO.

    COM RELAÇÃO A OLGA SIMÃO, É UM DESASTRE. QUEM MANDA MESMO É GRAÇA TAJRA, INCOMPETENTE, E SÓ PENSA EM PERSEGUIR PROFESSOR. ALIÁS DE QUEM FOI A IDÉIA DE CORTAR O PONTO E ATÉ MESMO EXONERAR PROFESSOR?? GRAÇA TAJRA..

    SINTO VERGONHA DOS MEUS COLEGAS DO LICEU MARANHENSE EM VOLTAREM. PROFESSOR ALDEMIR E CIA PENSE NO QUE VC´S ESTÃO FAZENDO. PELEGOS E TRAIDORES DA EDUCAÇÃO.

  2. Infelizmente No Maranhão não temos um gestor especializado em educação para resolver a questão salarial dos professores. A Governadora Roseana não pode colocar Olga Simão, omissa e amadora, na seduc.
    Do jeito que está, alguns secretários estão contribuindo para que roseana faça o pior governo de sua vida.

      • Francamente, Gilberto!

        Você fala “a greve já era!” com tanta alegria e satisfação que parece não se importar nem um pouco com esse eleitor que é o professor.
        Você administra um blogue que tem, notadamente, por objetivos fazer a publicidade para o partido e aliados de quem está no governo (por enquanto) e esquece-se que está jogando toda uma classe trabalhadora (e formadora de opinião) contra os políticos que você defende.
        Dificilmente um professor da rede estadual, nas próximas eleições, votará a favor de Roseana, Roberto Costa ou qualquer outro candidato que você enaltece aqui. Pense nisso. Em vez de você fazer propaganda positiva para eles, está fazendo exatamente o contrário.

      • Tá certo. Você é um ser humano tão íntegro e “bonzinho” com os alunos, não é?
        Nos poupe! Roseana Sarney fez esse mesmo tipo de discurso em sua campanha para governadora e não cumpriu.
        Se realmente você se preocupasse com os estudantes de escolas públicas perceberia que a valorização desses profissionais refletiriam em benefícios aos discentes, principalmente no quesito “qualidade”.

        • Conversa fiada! A melhoria das condições dos profissionais de educação só resulta em piora para os alunos, pq baseada em professores dando menos aula. E o que é bom para os alunos, em última análise, sempre leva o professor a trabalhar mais.

  3. Quem tá desesperado é o sindicato ou Roseana?
    O primeiro se apega as cortes, já o segundo se apega apenas a medidas fascistas, com defensores de teu porte!!!

  4. Professores interditam BR e alunos realizam manifestação no Palácio

    Professores da rede estadual de ensino, que estão em greve há 44 dias, fizeram um protesto, na manhã desta quinta-feira (14), na BR-135, no Campo de Perizes. Em frente ao Palácio dos Leões, um grupo de 200 alunos também realizou uma manifestação pedindo que o governo negocie com os educadores no sentido de por fim a paralisação. Assim segue o ‘melhor governo’ da vida de Roseana.

    Será que a greve já era

  5. Gilberto, qualquer um, cria um blog, fala o que quer, é um direito, afinal, vivemos em um país democrático, no entanto, é triste perceber o quanto pessoas como você, torcem pelo fracasso do professor , felizmente nem todos carregam dentro de si esse desejo de não ver o nosso estado prosperar, como dizia o slogan do então deputado César Filho” incluir o Maranhão pelo conhecimento”, por isso te digo, um dia essa situação mudará, quem sabe se não será em breve. Ah, uma sugestão, melhora o teu discurso, “já era é passado”, estamos vivendo o presente”.

  6. O professor dar menos aula não quer dizer que a carga horária de uma disciplina diminui (isso quer dizer que os alunos não tem prejuízo). Isso apena dificulta o costume maranhense de por professor de biologia trabalhando com aula de sociologia, um de matemática dando aula de teatro e dança nas aulas de artes ou um de educação física dando aulas de física e química para 3º ano do E.M.. É um problema certamente, para os estados e municípios, pois obriga-os a abrir mais vagas para concursos e vagas suficientes para cada disciplina.
    Vai me dizer que é correto um profissional habilitado para uma determinada função executar outra para a qual não tem conhecimento? Se for assim, açogueiros podem ser médicos, pois afinal, é tudo carne mesmo e o que importa e saber apenas o “rumo” do serviço…