“Todas as minhas ações foram dentro da lei”, diz Roseana Sarney após parecer de Roberto Gurgel

(Foto: Biné Morais /O Estado)

(Foto: Biné Morais /O Estado)

A governadora Roseana Sarney (PMDB) se posicionou ainda na noite desta quarta-feira (7) sobre o parecer do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, pela cassação do seu mandato e do vice-governador Washington Oliveira (PT).

Segundo ela, todas as ações contestadas pelo ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) no Recurso Contra Expedição de Diploma (RCED) protocolado na Justiça Eleitoral foram “transparentes e dentro da lei”.

“Tenho minha consciência tranquila. Não fiz nada de errado. Todas as minhas ações foram transparentes e dentro da lei. Não devo nada”, declarou, de São Paulo, onde acompanha o pai, senador José Sarney (PMDB-AP), em tratamento médico.

A governadora também deu a entender que não deve renunciar, como se especula nos bastidores políticos, caso o processo se dirija para a cassação.

“Não temo nada. Meu mandato é dedicado à causa popular e pretendo exercê-lo até o final”, completou.

__________________Leia mais

Gurgel emite parecer pela cassação de Roseana Sarney


23 pensou em ““Todas as minhas ações foram dentro da lei”, diz Roseana Sarney após parecer de Roberto Gurgel

  1. ESSE AI E UM DOIDÃO,DEIXA ELE SE ILUDIR QUE COM ESSE PARECER TATU ELE TIRA A GOVERNADORA.TA NA HORA DE SE APOSENTAR DOIDÃO.

  2. Pessoal maldoso esse do Ministério Público, acatam qualquer denúncia infundada, querem cassar o mandado de uma governadora que nunca praticou nenhum ato ilegal, rsrsrsrsrs. Bem agora vamos ver se a relatora do TSE, (ex advogada de Roseana), terá o mesmo posicionamento que defendeu durante o processo que cassou Jacson Lago. A justiça de Deus, tarda mas não falha, ou popularmente falando, A CASA CAIU.

  3. ela diz e voce acredita, como acreditou nas promessas, estamos perto da vitoria o sonho de milhares de maranhense o fim dessa oligarquia maldita.

  4. a soberania absoluta do Sir Ney e sua corte parece-nos um exemplo instigante do argumento ontológico regional, não-metafísico, que prova de maneira irrefutável e contudente a eternidade do reino na civitas terrena –um “império da lei” que desafia qualquer senso de justiça e razoabilidade — Dworkin is rolling over in his grave !

  5. Muito óleo de peroba, deve abastecer o Palácio dos Leões por esses dias, a cara nem treme com as declarações estapafúrdia.

  6. “Todas as minhas ações foram dentro da lei”. Convenhamos que se fosse tão dentro da lei assim o parecer da pgr teria sido diferente… “Não temo nada. Meu mandato é dedicado à causa popular e pretendo exercê-lo até o fim”. Só rindo muito depois dessa declaração Hahahahahaha…

  7. Somente às vésperas de deixar o cargo, após passar mais de um ano com o processo contra Roseana engavetado, o vigarista Roberto Gurgel despacha o mesmo. Asqueroso, moral e fisicamente parecido com o Eros Grau.

    • Não, meu caro. O mandato “de Jackson” teria terminado em 2010. Esse ela ganhou na eleição daquele ano

  8. Vai pagar com a propria moeda. eles so ganham eleições assim comprando uns bando de prefeitos abestados. e ainda diz que e tudo dentro da lei. kkkkkk

  9. Ela é como aqueles bandidos que nem com muita taca em sessões de torturas, confessam a culpa. Aonde já se viu algum político corrupto nesse país dizer que é culpado? só se ela fosse a primeira.

  10. Se ela sair vai botar quem? um segundo Jackson lago? que nunca fez nada na prefeitura de São luís, e quase enterra o Maranhão no buraco?
    A governadora está trabalhando e muito

  11. como tudo que contraria o José Sarney, demorou muito sair da gaveta o tal do parecer do Gurgel (ou Jô Soares desfarçado?) mas enfim vamos ver a Roseana cassada desse mandato ilegal… a justiça neste país tarda muito e falha, mas neste caso espero não falhar! o TSE ainda tem alguma seriedade… por muito menos o Jakson foi cassado…

Os comentários estão fechados.