BNDES diz que cabe ao governo Flávio Dino explicar obras paradas

O presidente do BNDES, Luciano Coutinho, derrubou ontem (27), durante depoimento na CPI do BNDES, na Câmara dos Deputados, mais um factoide do governo Flávio Dino (PCdoB) na tentativa de culpar a gestão da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) pelo insucesso dos seus oito primeiros meses à frente do Executivo.

Ao responder a um questionamento do deputado federal André Fufuca (PEN), sobre o motivo da paralisação de obras financiadas pelo banco no Maranhão, Coutinho foi enfático: “A questão tem que ser dirigida ao Governo do Maranhão”.

Fufuca referia-se à paralisação de mais de 500 obras em todo o estado. A gestão comunista insiste em tentar culpar seus antecessores.

“Isso causa inquietação na população do nosso estado. No Maranhão, hoje, essas […] seriam obras de grande porte para o nosso estado. E essas obras encontram-se paralisadas. E eu lhe pergunto: qual a razão para a paralisação de mais de 500 obras num estado tão pobre como o estado do Maranhão?”, perguntou o parlamentar maranhense.

Segundo Coutinho, houve, no governo Flávio Dino, “remanejamento e replanejamento” da aplicação dos recursos do BNDES concedidos por empréstimos ao Governo do Estado e, por isso, cabe ao Executivo estadual explicar as paralisações.

“A questão tem que ser dirigida ao Governo do Maranhão, porque, na verdade, o novo governo assumiu, fez um reavaliação, decidiu remanejar e replanejar, de maneira que o que nós poderemos lhe fornecer são as informações e o faremos”, declarou o dirigente da instituição financeira.


6 pensou em “BNDES diz que cabe ao governo Flávio Dino explicar obras paradas

  1. As obras foram paralisadas devido os fortes indícios de corrupção praticados pelo governo passado, com desvio de finalidade em serviços e obras oriundas desses recursos .O proposito era eleger os deputados do circulo intimo da oligarquia.

  2. Situação interessante, pois somente assim a verdade será levada a público e de forma oficial, como o governo Roseana surrupiava o dinheiro com obras fantasmas,. São bobos os que pensam que o atual governo vai cair em esparrelas, pois sabe muito bem como mover as pedras no tabuleiro de xadrez, inclusive como derrubar/matar reis e rainhas.

  3. Pingback: BNDES: governo do MA confirma “remanejamento”, mas não explica obras paradas | Gilberto Léda

Os comentários estão fechados.